O CONFIANÇA É MEU FREGUÊS E GOL DE PIPICO NÃO ME FALTARÁ

Santa Cruz vence o Confiança pela 7ª rodada da Série C, no Arruda, confirma favoritismo e finca a bandeira Coral no G4. Dragão? Nunca nem vi.

C:\Users\User\Desktop\20190609194751532381e.jpg

Vacilou? (Foto: Bruna Costa / Esp.DP)

A bola mal havia começado a rolar e João Victor já fez logo o dele para não deixar dúvidas de que quem manda no Arruda é o Santa Cruz! Aos 4 minutos, João Victor recebeu a bola pela esquerda, cabeceou, o goleiro ainda tocou a bola, mas não conseguiu evitar o primeiro gol dos donos da casa. GOL DO SANTA!

Depois do primeiro gol, o jogo deu aquela esfriada, que não nos agrada, mas já esperada. O time sergipano até chegava na área tricolor, mas faltava qualidade na hora de finalizar.

O Santa voltou para o jogo rapidinho e fez calor lá, quase ampliou em um chute de Alan Dias. Mas o gol já estava maduro. Pipico recebeu uma bola de Misael e fez um gol com a marca dele: com força, no cantinho, inalcançável. Gol de Pipico! GOL DO SANTA!

Na volta para a disputa da segunda parte do jogo, os visitantes quiseram mostrar que estavam vivos e meteram um calor na área do Santa, mas dessa vez precisamos que Anderson trabalhasse. Gol evitado, meu paredão funcionou, seguiu o jogo.

Mas a era Leston passou, queridos. Agora é Milton Mendes no comando, e o cara gosta de jogo e bola no gol. O Santa voltou a pressionar a equipe azulina. Mas Elias e Patrick Vieira brincaram de perder gol, Pipico também teve outra chance, mas o goleiro deles evitou.

Mas aos 31 minutos, os visitantes conseguiram diminuir a vantagem. Numa cobrança de escanteio, um atleta adversário desviou e mandou direto para a meta tricolor, mas Pingo, ex-Santa, roubou o gol do companheiro e ridiculamente colocou o pé para completar uma bola que estava praticamente dentro do gol. Uns dizem que foi lei do ex, mas o que vi ali foi uma tentativa medíocre de conquistar a torcida azulina.

Se o jogo já estava aberto, escancarou. O Santa Cruz não quis saber desse negócio de deixar visitante sonhar e já tratou de matar o jogo aos 41 min. Cantem comigo: “vacilou, levou. O Pipico é matador!”

A defesa fez o que não podia, vacilou e deixou Pipico na cara do gol, e o resto vocês já sabem, né? É GOL! Quem perdoa é Deus, Pipico faz mesmo. GOL DO SANTA!

Pipico marcou dois gols em cima do Confiança. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Pipico nunca decepciona. (Foto: Bobby Fabisak)

O apito soou e bota na tabela aí: mais uma vitória do meu tricolor!

Oi, G4! Eu vim para ficar

Com a vitória, somamos 12 pontos e estamos na vice-liderança do Grupo A. Avante! O Campeonato é longo, mas garra não vai faltar.

Próximo confronto

O Terror do Nordeste volta a campo somente no dia 17, segunda-feira, às 20h, no Barretão, contra o Globo FC.

EU ACREDITO NO SANTA CRUZ!

Três cores, dois nomes, uma paixão: Santa Cruz.

Por Mara Lima