O CORITIBA DESFILOU E APROVOU O GRAMADO SINTÉTICO, E VENCEU O CAP POR 2X0.

(Fonte: Coritiba Oficial)

Nada melhor do que renovar os ânimos da torcida vencendo um clássico, não é mesmo? Mais uma vez o Coritiba mostrou ao que veio, e desta vez foi na casa do rival Atlético Pr, em um jogo digno de clássico, pelo menos para o Coxa que dominou praticamente a partida toda.

O Coxa venceu o Atlético Pr por 2x0 na Arena da Baixada, além de carimbar o gramado sintético da Arena, o Coxa saiu de lá como o “rei dos clássicos” segundo o jornal Gazeta do Povo. tÍtulo mais do que merecido, já que o Coxa não sabe o que é perder pro rival desde 2014. No clássico de 328, o Coritiba se mostrou superior ao Atlético, e somou mais 3 pontos na classificação, passando então o rival e ficando na 3º colocação.

Nos primeiros minutos de jogo o Atlético assustou com Pablo que não conseguiu dominar a bola na grande área, mas aos 5 minutos, Negueba aproveitou um cruzamento de esquerda e mandou de cabeça, para grande defesa do goleiro Weverton, aos 15 em escanteio, Carlinhos arriscou de longe, a bola bateu em Vilches e saiu pela linha de  fundo. Aos 17 a bola passou perto com Negueba, que tentou de longe, mas a bola passou apenas pelo ângulo do goleiro atleticano. Aos 21 nova chance do Coritiba, desta vez em contra ataque Carlinhos cruzou e Weverton rebateu para dentro da área, Kléber no chão tenta alcançar a bola para Dudu, mas erra o passe.

Até ai, o goleiro Wilson não tinha passado nenhum sufoco e estava tranquilo do outro lado, mas aos 22 minutos o Atlético tentou com Eduardo, mas Wilsom afasta a bola. Aos 31 minutos o bandeira marcou impedimento de Negueba em lançamento. Mas aos 34, Alan Santos em escanteio, desvia a bola na primeira trave e a bola acaba sobrando para Kléber que chutou torto para o gol. Primeiro tempo acabou assim, com duas chances, apenas para o time do Atlético Pr que viu o Coritiba desfilar na sua grama sintética.

No segundo tempo, logo aos 5 minutos, Kléber fez fila na defesa do Atlético, mandou a bola para Alan Santos que chutou forte assustando o Goleiro Weverton. Aos 10 minutos Negueba não aproveitou o bom passe de Kléber, o jogador errou o passe para Dudu na área, Kléber deu um bronca no companheiro de jogo, 14 minutos, Alan Santos  arrisca de longe e Weverton espalma para fora. Aos 18 minutos um lance polêmico, após cruzamento, Juninho dividi a bola com Paulo André que tocou a bola com a mão, houve bastante reclamação por parte dos jogadores Coxas Brancas, mas o juiz nada marcou e mandou seguir. Aos 22, substituição no Coxa, saiu Kléber com câimbras e entrou Vinicius, que entrou tomando cartão amarelo.

Mas aos 28 minutos teve festa alviverde na Baixada, Negueba cruzou com perfeição para Thiago Lopes dentro da área, que marcou de cabeça o primeiro gol do Coritiba, 1x0. Negueba se empolgou e aos 30 minutos cruzou com perfeição para Juan que não soube aproveitar a chance de ampliar. Aos 36, Vinicius domina a bola e quando vai passar por Eduardo é derrubado na grande área, pênalti para o Coritiba. Na cobrança quem foi para bola foi Juan, que bateu no canto esquerdo do goleiro Weverton, marcando o segundo gol para o Coritiba que já fazia a festa na Arena da Baixada.

Aos 39 minutos, André Lima fez falta em Alan Santos, e como o jogador já tinha amarelo, recebeu o segundo e foi expulso, deixando a torcida do Atlético ainda mais enfurecida. O juiz da mais 5 minutos de acréscimos, mas o jogo seguiu tranquilo, o Coxa já estava ganhando de 2x0 e apenas manteve a bola em seus domínios.

(Fonte : Coritiba Oficial)

 

Cartões

Amarelos: Vinícius, Otávio e André Lima (Atlético). Vinícius, Negueba, Juninho e Kleber (Coritiba)

Vermelhos: André Lima, aos 39 do segundo tempo.

Suspensos: Vinícius (Atlético) . Negueba e Juninho (Coritiba)

O técnico Gilson Kleina se sentiu aliviado após o atletiba, pois vinha sendo pressionado pela torcida, pela má atuação que o time vinha tendo em alguns jogos, mas no final da partida o técnico recebeu elogios dos jogadores, e esperamos que continue assim, pois com essa bela vitória sobre o Atlético a torcida Alviverde quer pegar confiança no técnico.

“Só conseguimos esse resultado porque os atletas executaram com maestria o que foi proposto. Do começo ao fim, da defesa ao ataque” disse o técnico alviverde.

“Estamos felizes, mas com os pés no chão. A equipe está em construção, passa por oscilações, mas fizemos dois clássicos impecáveis”, finalizou o técnico coxa-branca.

O Coritiba venceu muito bem e convenceu a torcida, agora é manter os pés no chão e ir para a última rodada contra o Maringá com a mesma garra e determinação que tiverem hoje, pois uma vitória Alviverde e uma derrota do Paraná Clube, o Coxa passará de 3º para 2º lugar, já que o líder J. Malucelli terminou a rodada com 21 pontos, porém é uma posição boa para o Coritiba que decidirá as partidas em casa, exceto contra o Jotinha, caso se cruzem.

E lá se foi mais um clássico, e a freguesia continua…

MEU CORITIBA, AMO VOCÊ !!!!

Patrícia Moro