O GRANDE MOMENTO DO LIVERPOOL DE JURGEN KLOPP

Equipe duela com o Tottenham pela taça em jogo neste sábado (01), às 16hs, no Estádio Metropolitano, em Madrid

 

Foto: Getty Images - UEFA

 

Muito do futebol inovador apresentado pelos Reds, nas últimas temporadas tem a ver com a genialidade do técnico Jurgen Klopp. Se no começo, causou certo receio entre os torcedores, agora ele é adorado e saudado por todos. Mostrou a que veio e levou o time inglês a conquistar uma vaga na final da Champions League, a competição mais importante do futebol europeu.

Esta final tem um gosto especial, pois será disputada por dois times ingleses que atravessaram todas as etapas do torneio e fizeram campanhas irrepreensíveis. No total, Tottenham e Liverpool defrontaram-se por 170 vezes em todas as competições; os Reds somaram 79 vitórias, contra 48 dos Spurs, com 43 empates.

O Tottenham ganhou a batalha do meio-campo no último embate entre as duas equipes e teria conquistado um ponto em Anfield se o goleiro Hugo Lloris não houvesse falhado quase no final do jogo. Para o Liverpool superar o talento jogadores como Jordan Henderson, Georginio Wijnaldum e Fabinho terão de assumir com imediatismo o domínio do campo.

O Liverpool só não conseguiu marcar em um dos seus últimos 15 jogos oficiais frente ao Tottenham. De resto  Liverpool venceu todos os 21 jogos oficiais desta temporada, nos quais Mohamed Salah marcou. Pode ser uma vantagem, no entanto o carismático técnico alemão Jurgen Klopp não quer saber de favoritismo. Durante coletiva de imprensa concedida na tarde desta sexta, ele fez questão de destacar a qualidade do adversário.

"Temos duas verdadeiras equipes de futebol na final. Eu respeito muito o que Pochettino fez. Ele tinha um grupo muito talentoso quando chegou e a forma como eles melhoraram foi impressionante. É uma final de futebol real e ambas as equipes têm que lidar com isso. Sei que as pessoas dizem que somos os favoritos porque temos mais pontos na liga. Mas viram os nossos jogos contra o Tottenham nesta temporada, ficou 2 x 1. Não há vantagens antes do jogo", frisou.

Firmino treinou com o grupo

Foto: Getty Images - UEFA

 

Klopp tentou esconder a escalação para a partida e parece que sua principal dúvida é em torno de Roberto Firmino. Ele disse que terá até minutos antes do início do jogo para definir e pareceu confiante sobre as possibilidades de contar com o brasileiro, peça fundamental em seu ataque.  

"O Firmino está pronto. Se vai ser titular? Pensei em deixar alguns pontos de interrogação no ar. Ele está em forma, está aqui. A menos que algo aconteça, ele deve estar apto”, afirmou.

Sobre a excelente fase de seu elenco, o técnico colocou que o clube é maravilhoso e que todos estão bastante entrosados em campo. Disse também que o bom humor é constante durante os treinos e considera isso um fator deveras importante.

"A minha carreira até agora não foi infeliz. Desde 2012, tirando 2017, estou numa final a cada temporada. Eu sou provavelmente o recordista mundial em vencer meias-finais. Se eu escrever um livro sobre isso, ninguém o compraria", falou em tom jocoso.

O comandante acredita que a experiência é outro fator chave para o time e que isso fará toda a diferença na disputa desta grande final.

"Estamos um ano mais velhos. Jogadores como o Trent têm mais 50 jogos nas pernas. No ano passado surpreendemo-nos um pouco a nós próprios ao chegar à final. Não éramos tão consistentes como somos agora", ressaltou.

O último treino do Liverpool antes da final

Foto: Getty Images - UEFA

 

O estilo descontraído de Klopp agrada a todos do elenco, que o respeitam por demais pelo trabalho realizado. O defensor Andrew Robertson acredita que conquistar a taça será a melhor forma de retribuir o empenho do alemão.

"Desde que este treinador chegou, ele mudou a maneira de ser do clube. Queremos recompensá-lo com um troféu. É tudo uma questão de tentar dar o próximo passo. Não se trata apenas de ganhar para Klopp, é sobre uma equipe ter essa meta”, analisou o jogador.

Ele saber do valor do adversário e que será uma partida bastante disputada e difícil, mas acredita que o trinfo pode ser conquistado com a entrega total de cada um do grupo.

"Os jogos da Premier League que fizemos contra eles foram dos mais difíceis que tivemos. Eles podem nos causar problemas, mas nós também, como acontece quando dois elencos de qualidade se confrontam. Acho que tem a ver sobre quem estará melhor no dia", disse.

O outro defensor dos Reds, Virgil van Dijk acredita que a experiência pode ajudar muito ao elenco e garantiu que todos sabem que esse é o jogo de suas vidas e estão dispostos a fazer de tudo para vencer.

"Temos uma grande diferença de idades, então esperamos que possamos continuar todos juntos pelo menos nos próximos dois anos, crescer como equipe e obter muitas vitórias. É apenas o começo e esperamos que possamos fazer isto todos os anos”, comentou o atleta.

No ataque, um dos trunfos do Liverpool é o senegalês Sadio Mané que marcou em 19 partidas nesta temporada. Ele também acredita que o fator experiência será premissa básica para o bom rendimento do time.

"Temos alguma experiência de finais e sabemos como funcionam. Estivemos lá no ano passado e não demos sorte contra o forte Real Madrid. Estamos nos sentindo muito, muito positivos e seria um grande feito ganhar. O Tottenham tem grande talento e será um embate disputado. É emocionante e queremos ganhar. Não estamos aqui para pensar duas vezes sobre isso, estamos aqui para tentar ganhar", destacou.

 

Carla Andrade