O MESMO ERRO

Neste sábado (08), o Vovô voltou a entrar em campo, na Arena Castelão, às 19h30. O jogo, válido pela oitava rodada do Brasileirão, foi contra o Bahia, concretizando mais um clássico nordestino.


(Foto: @cearasc)

 

A expectativa da torcida com os dois jogos em casa, era no mínimo uma vitória para o lado alvinegro, porém isso não aconteceu. Em duas partidas, apenas um ponto foi conquistado, ontem contra o Bahia, em que o jogo terminou empatado em 0 x 0.

Com um primeiro tempo movimentado, mais uma vez, o Ceará repetiu o cenário de “jogou bem, mas faltou o gol”. Culpa do gramado? Um pouco, visto que foi impossível não notar o quanto a grama da Arena prejudicou ambos os times, mas o que realmente atrapalhou o Vozão foi a falta de capacidade do próprio time em colocar a bola para dentro.

Na segunda etapa, mais uma vez, inúmeras chances foram desperdiçadas. Destaque para Thiago Galhardo, que novamente se destacou perante os outros jogadores, porém, sozinho ninguém faz nada, é preciso outros atletas que ajudem o meia a levantar e concretizar as finalizações para o lado do Ceará.

Durante o jogo, Leandro Carvalho entrou no lugar de Rick. O atacante, que não começou como titular devido a suas atuações anteriores, mais uma vez não fez muita diferença na partida e pareceu já entrar cansado, não contribuindo ofensivamente.

Na partida, houve também a volta do atacante Romário, que estava longe dos gramados a nove meses por conta de uma lesão. O atleta, que entrou no lugar do Bergson, jogou muito bem, com vontade e raça, dando mais confiança para os torcedores com a sua volta para o elenco.

Apesar se jogar bem, o Vovô novamente deixou escapar a chance subir na tabela. Atualmente, o Ceará está ocupando décima primeira posição, com 10 pontos.

A próxima partida do alvinegro, e última antes da parada para a Copa América, é na próxima quinta-feira (13), contra o Vasco, às 19h15, no São Januário.

 

Vai pra cima deles, Vovô!

 

Mariani Sobrinho