O NAMORO VIROU CASAMENTO E TROUXE CRISTIANE DE VOLTA À VILA

 

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

 

Após o anúncio da semana passada, Cristiane, oficialmente, voltou a ser uma Sereia da Vila. A jogadora foi apresentada nesta segunda-feira (20), para a sua terceira passagem pelo time do Santos.

Eu acho que conversaram muito comigo antes de tomar decisão. Santos procurou oferecer a melhor qualidade para as meninas e isso é de anos. Isso é muito importante. Vi o quanto melhorou desde a época que eu estive aqui. A Vila está sendo arrumada. O torcedor tem carinho por nós. Acho que teremos o melhor possível para trabalhar. Foram francos, respeitoso. Se faltar, vamos conversar e isso é o ideal para chegar em acordo. Nunca faltou nada no tempo que passei aqui”, disse a jogadora que na temporada passada jogou no São Paulo, mas que não renovou por divergências com a diretoria que incluíam, entre outras coisas, falta de estrutura para o time feminino.

Já no Santos, as primeiras palavras da jogadora foram verdadeiras declarações de amor. Como a própria jogadora se referiu tudo foi parte de um ‘namoro antigo’.

Um namoro antigo com o Santos. Eles tinham tentando iniciar um conversa ano passado e as coisas não aconteceram. Eu estou muito feliz. Conquistei muitas coisas aqui com as meninas, ajudei bastante, a gente conseguiu alavancar o nome do Santos. Carinho, respeito... Quero alavancar ainda mais esse ano, que a gente possa voltar a estar no topo. Poder ajudar “, declarou a camisa 11, que é a quinta maior artilheira da história das Sereias da Vila, com 46 gols em 29 jogos.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

 

 

Para este ano, o Santos disputa o Paulista e o Campeonato Brasileiro, competições que Cristiane reconhece que têm um alto nível e que, a cada ano, ficam mais difíceis.

Paulista é um campeonato forte. Equipes do interior são qualificadas. Objetivo maior é o Brasileiro. O trabalho vai ser em dobro. Daqui a pouco começa. Vai ser um baita campeonato. Já joguei em grandes ligas fora do Brasil e acho que hoje o Brasileiro está evoluindo muito. Se não for a quinta liga do mundo, está se tornando uma das mais fortes”, avaliou.

Para não ficar de fora das competições, Cristiane revelou que trabalhou durante as férias para chegar bem na pré-temporada. Vale lembrar que no ano de 2019, a jogadora sofreu com lesões e, por causa disso, jogou em poucos jogos do Brasileiro A2, do Paulista e, desfalcou a Seleção Brasileira até na Copa do Mundo. “Lesões me prejudicaram bastante. Tive ano de altos e baixos. Projetei um ano diferente. Voltei antes do fim das férias, fiz todo um trabalho para não voltar mal. Estou me cuidando mais ainda. Deixei a desejar, sei tudo o que faltou. Por isso, projeto um ano diferente para mim”.

Entre as projeções da jogadora, além de atuar o máximo que puder pelas Sereias da Vila, ela também busca disputar mais uma Olimpíada e tentar o inédito ouro para juntar às duas pratas: 

Quero estar no grupo. Só vão 16 jogadoras de linha. Ela já deixou claro que só vai levar as melhores jogadoras, independente de ter disputado Copas do Mundo ou não. Isso tira você da zona de conforto. Todo mundo se sente importante, é um ganho. Está sendo bacana porque ela tem uma experiência absurda. Tem leitura tática, nos cobra na parte física. Conversou muito comigo. Admiração recíproca. Veio para agregar. O objetivo é entrar na lista, ficar 100% e depois brigar por posição. Está testando todas as atletas. Pode ser que varie muito. Seja totalmente diferente do time que jogou a Copa. Buscar a medalha. Sonho com isso há muito tempo. Medalha de ouro no peito. Tenho orgulho das duas pratas que tenho, mesmo que não deem valor. Objetivo é trazer o ouro no Brasil”.

O Santos estreia no brasileiro Feminino contra o Flamengo, no dia 9 de fevereiro, às 17 horas (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

 

Por Camila Leonel