O NORTE DE LONDRES É VERMELHO!

 

(Foto: Arsenal.com)

Eu havia dito no pré-jogo que a única maneira de vencermos era se todos os jogadores jogassem no seu mais alto nível. E foi exatamente isso que pudemos ver ontem! Foram tantos destaques que infelizmente não poderei falar individualmente de todos, mas o importante a saber é que vimos os 11 jogadores (e os reservas) dando o seu máximo e sendo recompensados por isso.

Vencemos por 4 x 2, com 2 gols de Aubameyang, 1 de Lacazette e 1 de Torreira, enquanto as galinhas ainda conseguiram achar dois gols, sendo que um deles foi a partir de um pênalti roubado (Mike Dean era o árbitro da partida, não preciso dizer mais né).

Não foi uma partida fácil. O primeiro tempo quase me causou um infarto. Pressionamos bastante nos primeiros 15 minutos, e até saímos na frente, com um gol de pênalti de Aubameyang aos 10 minutos, mas aos 30 tomamos o empate, com um gol de Dier (o ridículo que teve a petulância de mandar a torcida calar a boca e depois acabou calado por 4 gols dos Gunners). E, logo em seguida, em um pênalti inexistente marcado pelo lixo de árbitro Mike Dean, tomamos o gol da virada de Harry Kane (vulgo “Harry Quem?”, pois esse foi o único momento da partida em que foi visto em campo). Foi um banho de água fria no time, ainda mais se tratando de um gol roubado. E novamente terminamos o primeiro tempo sem vitória.

No segundo tempo, porém, São Unai entrou em ação, e imediatamente colocou Lacazette e Aaron Ramsey na partida. Também não sei o que ele falou no vestiário, mas funcionou e muito! Os jogadores voltaram no mesmo pique, não se deixando abater com a desvantagem no placar, e com mais sangue nos olhos ainda para buscar a vitória.

Aos 10 minutos do segundo tempo, Aubameyang recebeu passe de Ramsey e chutou de primeira, surpreendendo o goleiro e marcando um golaço, seu 10º na Premier League, assumindo a artilharia isolada da competição.

(Foto: Arsenal.com)

Alguns minutos depois, após falha de Foyth, Aaron Ramsey tomou a bola e lançou para Lacazette que, mesmo marcado por dois zagueiros, conseguiu chutar pra gol. A bola desviou no Dier (karma is a bitch) e entrou, trazendo o gol de virada para os Gunners.

Mas ainda não acabou! Aos 32 do 2º tempo, Lucas Torreira recebeu uma bela enfiada de bola de Aubameyang, correu para dentro da área e chutou no cantinho direito de Lloris, marcando o quarto gol do Arsenal e seu primeiro gol na Premier League! Não poderia ter escolhido momento melhor para isso (eu quase chorei na comemoração do gol dele, ele é o cara que simboliza toda a garra e vontade de vencer que tanto ansiávamos em nosso time e que há muitos anos não víamos, que jogador f*da!)!

(Foto: bbc.com)

E foi isso! Nem o pênalti roubado, nem os SEIS minutos de prorrogação foram suficientes para tirar nossa vitória! Agora vamos a alguns destaques:

- Aaron Ramsey: entrou no 2º tempo e deu duas assistências, não tem como ele ser banco e o Mkhitaryan titular. Vendam o Mkhi e usem o dinheiro pra pagar o que o galês quer, pelo amor de Deus!

- Aubameyang: Dois gols e uma assistência. Artilheiro da Premier League com 10 gols. Já marcou 20 gols em 31 jogos pelo Arsenal, superando os ídolos Thierry Henry e Ian Wright, que alcançaram a mesma marca com 40 jogos.

- Lucas Torreira: Esse baixinho maravilhoso foi eleito novamente Man Of The Match, somando 03 MoTM nas últimas 04 partidas. Marcou seu primeiro gol pelo Arsenal, sendo a cereja no bolo da partidaça que ele fez.

- Guendouzi: ao tirar satisfação com o Dier, após aquela atitude ridícula dele de mandar a torcida calar a boca, na minha opinião também está de parabéns (embora isso não seja politicamente correto de se dizer)!

- Unai Emery: além de acertar nas substituições, nosso técnico pôde ser visto a partida inteira agitadíssimo dando instruções na beira de campo e motivando o time! Isso sim é técnico!

- A torcida: acho que pela primeira vez na vida vi os torcedores no Emirates Stadium de pé! É isso que queremos ver, queremos TORCEDORES e não ESPECTADORES apoiando nosso time!

Com a vitória de ontem, chegamos a 30 pontos e pulamos para a 4ª colocação, ultrapassando os franguinhos por saldo de gols, e ficando a apenas um ponto do terceiro colocado, Chelsea. Agora estamos há 19 jogos invictos!

Nossa próxima partida já ocorre na quarta-feira (05), contra o Manchester United fora de casa. Espero do fundo do coração que o time consiga trazer mais uma vitória, nem tanto pelos três pontos, confesso, mas por um motivo bastante particular: eu detesto o Mourinho e quero ter o prazer de dançar na frente da TV fazendo chacota da cara dele!

 

COYG!

Por: Bárbara Ayres