O PODER DA REALIZAÇÃO

 

Foto: Geraldo Bubniak


 

O período de festas de final de ano normalmente nos traz uma paz maior do que o normal, a esperança de renovação, novos objetivos e planos. Quem dera se esse clima durasse por um tempo maior. 

Ao torcedor Paranista, a realidade bate à porta. Um começo de ano em que toda essa paz e alegria mais parecem a ressaca do dia seguinte. Uma enxaqueca que pede remédios e chá de boldo, um mal-estar que nem água gelada é capaz de resolver. 

Precisamos lidar com a realidade e aceitar que a situação é crítica. Iniciamos o ano com apenas 11 jogadores no elenco, sem técnico, pendências financeiras gigantescas e em busca de parceiros para ter o mínimo de estrutura de disputar toda a temporada. 

O cenário passa longe de ser positivo e, por esse motivo, precisamos entender a importância de toda a nação tricolor. Sabemos que nossa torcida está cansada de promessas e gestões sem planejamento e sem o mínimo de visão. Sabemos também que sem o torcedor não temos a menor chance de sair do fundo do poço. 

É necessário destacar que isso não é colocar a culpa na torcida. O Paraná Clube não está dessa forma por falta de apoio ou por não ter o torcedor fazendo sua parte. A culpa é de quem não soube gerir, de quem colocou interesses próprios acima do clube e deixou de lado nossa história. Nós estamos acima de todas essas pessoas, temos em mãos o poder de mudar a situação do clube e escrever algo novo e melhor. 

Lidar com a realidade é o primeiro passo para que isso aconteça. Aceitar o que está acontecendo e agir com base nisso é o que nos permitirá fazer a diferença. E é por esse motivo que eu começo o ano falando diretamente com o torcedor, pedindo para que cada um tire um tempo para pensar o que é capaz de fazer pelo sucesso do Paraná Clube. 

Em nossos cânticos não existe mentira quando gritamos a plenos pulmões um “eu te apoio não importa a maneira”. Eu tenho certeza que cada coração tricolor se sente assim, que cada Paranista carrega nossas cores com orgulho. Não existe momento mais importante em toda nossa história para abraçarmos o clube e demonstrar (mais uma vez), todo nosso amor e força. 

 

Lembrem-se: “És o fruto de luta e união”.

 

 

Foto: Geraldo Bubniak


 

Juntos iremos mais longe, juntos podemos mais. Nós somos o parceiro que o clube precisa. Diretorias vêm e vão, o Paraná Clube é para sempre.


 

Por Gabrielle Bizinelli.