O tempo passa e a sina só aumenta

Aos fiéis um aviso, as próximas linhas trazem o sincero desabafo de uma Corinthiana apaixonada

 

Em dia de Majestoso, de tantos problemas no Corinthians, a cabeça está em outro lugar. Poderia ficar aqui falando do clássico de logo mais contra o clube do Morumbi, me prendendo a falar da escalação e da armação do time em campo, mas com a fase do clube, isso  é o que menos me me importa.

 

Foto: uol

 

Ouvi por esses dias, um suposto “torcedor” do Corinthians, usar de palavras baixas pra me acusar de não ser torcedora do clube, claro sem contar o velho clichê de que mulher não entende de futebol e blá blá blá. Mas porque ele fez isso? Fez, por eu criticar a atual gestão do clube e a falta de comprometimento do elenco.

A gente espera a semana toda pra ver o Coringão, fica naquela expectativa e quando o time entra em campo, dá até sono. Falta gana, garra, vontade! O cara perde a bola, olha pra um lado, depois para o outro e anda em campo, não corre, não vai pra cima, simplesmente, finge que nada aconteceu. O torcedor vaia e não apoia, e agora até cantar pode resultar em punição. Nossa diretoria, escancara a péssima atuação a cada dia mais. E o problema da vez, aliás, o constante problemão é a nossa Arena em Itaquera.

Dois anos de estádio, dois anos de problemas. Um superfaturamento exacerbado, obra mal executada e planejada, escândalos em sua concessão, sem citar a sina em decisões. A Arena elitizou a torcida, que mal acostumada com as últimas conquistas, esquece o passado de luta do Corinthians. Ahh que saudade do Pacaembu…

Com problemas de vazamento e partes que caem a todo momento, a bola da vez é o contrato de locação do estacionamento do estádio. Uma entidade do tamanho do Corinthians, não consegue gerir um simples estacionamento. Mas este mesmo contrato pode nos livrar de Roberto de Andrade.

 

Arena problema. Foto: Corinthians Oficial

 

Roberto firmou contrato com a Omni, antes de ser presidente, o que é crime e por isso, ele poderá ser destituído do cargo. O conselho deliberativo do Timão, estuda a denúncia. Vamos ver se mais uma vez, a sujeira vai parar debaixo do tapete…

No futebol, a cada novo nome anunciado, a cabeça dói mais ainda. Porque contratar jogadores de nível tão baixo, se os erros de 2016 já mostram que sem um elenco forte, morreremos na praia novamente?

A base pelo visto é só enfeite, pois pratas da casa, são negociados a preço de banana e jogadores de times menores são trazidos e nem ao menos estreiam pelo clube. João Paulo, Jean, Gustavo, Luidy...aonde vamos parar?  

Será que a diretoria está esperando um novo santo milagreiro como foi Tite? Está achando que Jô resolverá todos os problemas do ataque alvinegro? E simples, sem um bom passador, Jô ficará como Gustavo, isolado, sem receber  a bola.

Falta dinheiro, falta planejamento, falta RESPEITO!

O desrespeito com a torcida impera, esquecem que o torcedor não é bobo e continuam nos pedindo paciência, enquanto vimos o time ir de mal a pior. O Corinthians de 2016, consegue ser pior que o Corinthians de 2007! Mas o time que acabou rebaixado, pelo menos jogava na raça, já que futebol lhes faltava, enquanto o atual elenco, simplesmente assiste à derrocada.

O coração alvinegro, segue firme na esperança da liberta, segue pulsante pelo Corinthians, mas não aguenta mais ser maltratado, por quem deveria cuidar do clube!

por Mariana Alves