Ousar... Pontuar e Vencer!

Pela 15ª Rodada desta Série B 2016, o Ceará encara o Tupi no Estádio Municipal Radialista Mario Helênio, mais conhecido como Helenão, no interior de Minas Gerais. A partida está marcada para ás 21h30min (Horário de Brasília) desta sexta-feira (08/07).

O Tupi é o último colocado com 09 pontos, está a três jogos sem vencer e tenta respirar na tabela. Nas últimas três rodadas, empatou uma em casa e perdeu as outras duas fora e, agora, busca recuperação. O time mineiro poderá ter como desfalque o seu lateral direito Henrique, que sofreu lesão na última partida e tem treinado com os demais, mas não está liberado pelo DM para enfrentar o Ceará e aguarda ainda resultado de exames. O zagueiro que também atua como lateral esquerdo, Bruno Costa, com estiramento muscular também pode não jogar. O meia Octávio, recém-contrato, aguarda regularização de documentos no BID para ficar à disposição do técnico Estevam Soares, que também poderá contar com o volante Rafael Jataí, que cumpriu suspensão. Com os desfalques, retornos e a má fase da equipe na competição, não se presume a formação titular de sexta.

Tupi-MG treina parte física (Foto: Marina Proton)

Jogadores fizeram trabalhos físicos (Foto: Marina Proton)

Mesmo o Tupi sendo o lanterna da competição, o Vovô vai com os “pés no chão” para o confronto. Sabe-se que são desejos opostos, porém não menos importantes para ambos os times e a busca pela vitoria será intensa.

O Ceará mantém uma sequência de 06 jogos sem perder, ocupa a 03ª posição da tabela com 27 pontos, almeja afastar-se do 05º colocado (Como já mencionado nos pré-jogos anteriores, é o principal objetivo do elenco e muito pregado pelo técnico Sergio Soares.) e consequentemente aproximar-se do topo da tabela. Atualmente, está a 01 ponto do líder Vasco e a 03 pontos do 05º, que é o Paraná e já jogou nessa rodada. Com uma combinação de resultados o Ceará poderá assumir o topo.

O time cearense reapresentou-se para os treinos na segunda (04/07) e o único desfalque do time é o zagueiro Charles, que cumprirá suspensão automática. Sandro, que era titular absoluto, perdeu a vaga após lesão e boa entrada de Valdo em seu lugar, que agora é o mais cotado a ser seu substituto. O técnico Sergio Soares terá á sua disposição o volante Baraka, que encerrou seu período de transição após lesão, e já treina com a equipe, mas será opção para o banco de reservas alvinegro, uma vez que João Marcos desde que assumiu a posição vem dominando o meio de campo e acredita-se que se manterá como titular.

O Técnico Sergio Soares entrará em campo com a provável formação: Éverson; Sandro, Thallyson, Eduardo e Valdo; João Marcos, Richardson, Felipe e Wescley; Bill e Rafael Costa.

O Departamento Médico do Ceará está praticamente zerado, Baraka já liberado e integrado ao grupo principal. Antônio Carlos, Éwerton Pascoa, Thiago Cametá e Zezinho estão em processo de transição e devem ficar a disposição já na rodada seguinte (16ª), apenas Guilherme Biteco e Raul seguem no DM, pois vêm de pós-operatório e devem ficar mais um tempo em recuperação.

https://scontent-mia1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/13626470_1425754290784909_6559827955480548635_n.jpg?oh=036974f102877a22e1806baf379fb3f6&oe=57F69AB1

(Foto: Israel Simonton/CearaSC.com)

Após um mês e meio jogando duas vezes por semana, o Ceará teve praticamente uma semana para treinar e descansar, e isso agrada os jogadores, como mencionou o Richardson: "Faz diferença sim (a semana livre). Quem está desgastado, recupera. Quem tem alguma coisa para melhorar, melhora. É bom ter uma semana para trabalhar, principalmente quando se vive um bom momento. A gente vem com a confiança em alta e tem tempo para ver com o professor como acertar a equipe da melhor forma para o próximo desafio”.

O volante também falou sobre a partida diante do Tupi: “Precisamos fazer um jogo de inteligência para trazer um bom resultado. Tentar usar a situação deles (na lanterna), a gente sabe que eles podem ficar um pouco afobados. Então, a gente precisa ter tranquilidade pra ficar com a bola e fazer nosso jogo. Acho que a pressão existe dos dois lados. A gente pra se consolidar no G-4 e eles para tentar mudar a situação da equipe no campeonato. É um jogo para ficar atento os 90 minutos. Não podemos dar bobeira para o adversário. Precisamos ir com humildade para trazer um bom resultado de lá".

O meia Felipe, um dos destaques da equipe, fala sobre arriscar mais. As jogadas estão sendo criadas, mas estão pecando no passe final, o mesmo falou da cobrança diária e disse: "Tenho me cobrado muito, o Sérgio também. Muitas vezes você faz a jogada, eles já estão esperando o passe, eu tenho a opção do chute e acabo não chutando. Eu preciso finalizar mais, pode surpreender o adversário". Sobre o jogo o meia disse: “Fora, é marcar mais e aproveitar as chances que aparecem. Pontuar é o importante, se não der para ganhar, também não é bom perder”.

O Ceará mantém a 05ª melhor campanha como visitante, duas vitorias, dois empates e duas derrotas, 10 gols marcados e 10 sofridos. É uma média razoável, mas que pode ser melhorada, o lateral esquerdo Thallyson explica como o time joga de forma diferente fora de casa, mesmo usando as mesmas peças: “A gente joga mais recuado, defendendo mais, para não tomar gol, principalmente nos primeiros 15 minutos. O adversário sempre vem pra cima, por isso a gente espera um pouco, segura mais..."

Diante do Galo Carijó, o Vovô terá que ter atenção dobrada com os cartões amarelos. Dos titulares, 05 jogadores estão pendurados e são eles: Éverson, Valdo, João Marcos, Bill e Rafael Costa. Não podemos perder nenhum desses jogadores para o próximo confronto contra o Criciúma (06º colocado / 22 pontos) em nossos domínios, são peças chaves da equipe principal e a próxima partida é uma disputa direta de vaga pela permanência no G4.

Diretoria

Enquanto o time vem fazendo sua parte dentro de campo, a diretoria não tem ficado parada. Com a boa campanha, aumentou a visibilidade nos nossos atletas que já estavam sendo sondados e o presidente Robson de Castro logo buscou segurá-los e agradá-los para manter a harmonia e dar segmento ao trabalho. Assim, a diretoria já providenciou a renovação do contrato de Bill (ATA) até dezembro de 2017, Robinho (ATA), Éverson (GOL), Richardson (VOL) e Valdo (ZAG) até o final de 2019.

Comemorações

Nesta terça-feira (05/07) o zagueiro Sandro e o técnico Sergio Soares foram homenageados com camisas personalizadas em referência à marca de 100 Jogos com o manto alvinegro do maior time do estado. Sandro chegou ao Ceará no inicio de 2014, foi Campeão Estadual no mesmo ano e campeão invicto da Copa do Nordeste em 2015. Está no clube até os dias atuais e no momento briga para retornar a titularidade após algumas falhas e lesão, mas sempre foi um atleta regular que contribui de forma positiva para o clube.

Já Sergio Soares está na segunda passagem à frente do Ceará, a primeira ocorreu em 2013, no ano seguinte foi Campeão Estadual e conquistou a Copa dos Campeões, teve sua saída após frustrar na campanha de acesso do clube no final de 2014. Atualmente segue firme no comando alvinegro, fazendo um excelente trabalho e espera-se que dessa vez consiga colocar o clube de volta á Serie A.

https://midia.cearasc.com/img/noticias/20160705_221118-1_1.jpg

Parabéns e que continuem contribuindo para o crescimento do Ceará!

(FONTE: foto retirada da internet)

Time do Povo... Meu Grande Amor ♪

Por: Priscylla Lima