Palmeiras encerra o Brasileirão, vencendo o Flamengo dentro do Maracanã.

 

O maior campeão nacional, continua em rítmo de festa!

 

Palmeiras e Flamengo se enfrentaram ontem (08), no Maracanã, pela última rodada do Brasileirão 2015.

O técnico Marcelo Oliveira, que optou por levar apenas quatro titulares e experimentar o seu banco de reservas, ficou muito satisfeito com o que viu em campo. O time misto agradou e o Palmeiras saiu do Rio com a vitória.

Na primeira etapa, o jogo começou morno, mas o Palmeiras conseguiu criar boas chaces e chegou perto do gol algumas vezes.

No segundo tempo, os dois times voltaram mais equilibrados, o que fez com que o jogo ganhasse mais cadência. Mesmo com o adversário saindo mais, o Palmeiras não esfriou e continuou buscando o gol, que só saiu aos vinte e seis minutos. Zé Roberto chuta uma bomba de fora da área, o defensor rubro negro deu rebote para João Paulo, que cruzou na cabeça do atacante Dudu. Bola dentro da rede. Um gol laço!

O time carioca não sentiu o gol e foi em busca do empate, que veio muito rápido, o goleiro Fábio falha, se adiantando ao lance e Pará, oportunista, recebe boa bola e também cabeceia, fazendo o gol de empate, aos vinte e oito minutos.

Essa cena, em que o Verdão abre o placar e em seguida, toma o gol de empate, foi vista algumas vezes durante o campeonato e deixou a torcida palmeirense bastante irritada e até desconfiada da potência de seu elenco. Esse foi, inclusive, um dos motivos pelos quais, o Palmeiras perdeu tantos pontos e se distanciou do G4.

Mas ontem não foi assim! O time alviverde, continuou ofensivo depois do gol de empate e buscou a virada até o final, ou quase, porque o gol saiu, aos quarenta e quatro minutos, quando João Paulo, novamente ele, cruza de forma perfeita, agora, para cabeça de Vitor Hugo. Palmeiras 2 x 1.

A torcida mais apaixonada do mundo, que havia prometido muito barulho na cidade maravilhosa, vibrou e cantou o jogo todo e no final, protagonizou uma cena linda: quando os jogadores fizeram o famoso cumprimento à torcida, todos gritaram em uma só voz: " É campeão! É campeão" Foi díficil conter as lágrimas...

O Verdão fecha o Campeonato Brasileiro e o ano de 2015, cheio de felicidade e esperança!

Que venha 2016! Que venha a Libertadores! Que venham mais títulos!

 

Alê Moitas