Palmeiras x Avaí: mais três pontos na conta do Verdão

 

Palmeiras e Avaí se enfrentaram sábado, na Ressacada, pela 31º rodada do Brasileirão. O Palmeiras foi a campo com um time misto, em virtude do jogo pela Copa do Brasil, que acontecerá na próxima quarta-feira, no Maracanã.

Nos lances iniciais do primeiro tempo, o Palmeiras conseguiu, sem grandes dificuldades, impor o seu rítmo de jogo, o que resultou no primeiro gol, aos dezesseis minutos, num cruzamento preciso de Cristaldo, para a finalização de Gabriel Jesus.

O time do Avaí, cheio de limitações, como se sabe, não deixou de fazer boas jogadas na tentativa do gol de empate.

O Palmeiras ainda teve algumas chances reais de gol na primeira etapa, mas não marcou. Isso é algo que merece ser realmente analisado e que infelizmente, tem se tornado uma “característica” do time Alviverde, incomodando bastante o torcedor. A análise dos últimos jogos, mostra uma visível displicência dos jogadores, que gera uma sequência de passes errados inacreditáveis para um elenco como o que o Palmeiras tem hoje! E aí, o que se vê em campo, não agrada e não convence a torcida, que espera mais estabilidade nos resultados.

Marcelo Oliveira apostando na característica ofensiva de Cristaldo, sugere que ele jogue mais próximo de Jesus, a quem também é dada a instrução de soltar a bola mais rapidamente. A idéia do treinador, era que o argentino, enfiando-se nas costas do marcador do garoto, pudesse receber essa bola e criar o contra-ataque. O que ele imaginou, de fato, não acontece, mas ele pareceu farejar o caminho do gol, porque aos quinze minutos do segundo tempo, após escanteio preciso de Allione, Cristaldo enche a cabeça para fazer o segundo do Verdão.

A postura acomodada dos jogadores, citada a pouco, volta a aparecer e o Palmeiras, numa falha da defesa, que tem se posicionado muito mal em alguns jogos, toma um gol "óbvio", sem chance para Prass. O adversário, que já parecia estar morto em campo, é "ressucitado" e agora, bem acordado, acredita no empate e cresce na partida.

Ao invés de retrair o time e segurar a vitória, a estratégia do “professor Oliveira” foi partir para o ataque: Dudu e Rafa Marques estão em campo! O indiscutível nível técnico dos dois jogadores, consegue trazer um pouco mais de velocidade e criatividade ao jogo, fazendo nascer dos pés de craque, do camisa sete, o terceiro gol do Palmeiras, com direito à drible e finta pra cima do goleiro.

Final: Palmeiras 3 x Avaí 1, três importantes pontos na tabela e com certeza, sonhos bons para quem dormiu no G4.


 

Alê Moitas