PARA FICAR MAIS PERTO DA CLASSIFICAÇÃO

 

Passado o período de festas (pelo menos aos torcedores), é hora de voltar ao campeonato.

Foto: Reprodução da Internet

Neste domingo (01.03), o Noroeste volta a campo, para se manter na liderança do campeonato. O Alvirrubro enfrenta o Velo Clube, às 16h no estádio Alfredo de Castilho. O Norusca está na liderança do campeonato com 18 pontos (04 a mais que o segundo colocado), 6 vitórias em 7 partidas. Já o Velo está em 4º com 11 pontos, 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

Apesar da boa fase Alvirrubra, o atacante Pedro Felipe falou da importância de se manter no foco. “Apesar do ótimo desempenho e da boa pontuação que temos, não podemos deixar o nível cair. Sempre há o que melhorar, e o grupo todo está trabalhando forte para continuarmos evoluindo", concluiu.

Para a partida deste domingo, o técnico Luiz Carlos Martins, terá novidades. O meio-campo França está recuperado e será uma opção para o treinador.

Foto: Bruno Freitas – E.C.Noroeste

Já o meia Richarlyson, não deve estrear ainda, apesar de treinar com o grupo ele ainda esta recuperando a forma física, para não correr risco de lesões.

É mais um jogo onde a equipe espera um bom publico, o presidente do alvirrubro Rodrigo Gomes, conta com o apoio e falou sobre a partida, e a importância do apoio dos torcedores. "Vai ser um jogo difícil, contra um adversário que acostumou a jogar contra a gente várias vezes nos últimos anos. E é natural essa vontade de querer vencer, de ambos os lados. O nosso torcedor empurrando o time os 90 minutos, neste domingo, vai ser de fundamental importância para continuarmos nos trilhos da vitória e somarmos mais três pontos rumo a nossa classificação", falou.

Apesar da recuperação de França é provável que ele não entre como titular, a provável escalação de Luiz Carlos Martins será:

Pablo, Jhon, Guilherme Teixeira, Vitor Gava e Renan; Jonatas Paulista, Rogério Maranhão, Igor Pimenta e Diego; Fabricio e Leleco.

 

Avante Noroeste!

 

Kelly Cristine Janiro

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.