Para restaurar a confiança

Atlético Mineiro e Flamengo se enfrentam no Independência pela 27º rodada do Brasileirão. Mais do que a vitória, as duas equipes precisam restaurar a confiança no seu futebol. O Flamengo vinha de seis vitórias e mais do que isso, tendo boas atuações e, de repente, fez um jogo horrível contra o Coritiba. Muitos buracos na zaga, erros de passe, erros que até originaram os gols do Coxa e me fizeram lembrar das velhas rodadas. Ou seja, vencer é provar que o time não se abateu após a derrota e que pode dar a volta por cima, porque uma boa equipe, o Flamengo já provou que tem.

 

Uma esperança que o torcedor pode se agarrar é no retorno do Paolo Guerrero. O atacante  volta ao time após uma entorse no tornozelo sofrida na partida de volta contra o Vasco pela Copa do Brasil. Por coincidência, na estreia do peruano contra o Inter, o Flamengo jogava fora de casa e vinha de uma derrota. Durante o tempo que o atacante ficou machucado, muito se questionou se ele teria utilidade em um time que tinha Kayke arrebentando e Paulinho voltando aos bons momentos. Mas Guerrero com sua qualidade tem lugar nesse time sim.

 

O Flamengo precisa vencer também por motivos de: tabela. Com a derrota, estacionou nos 41 pontos, viu o São Paulo chegar aos 42 pontos, ultrapassando o rubro-negro carioca. O Palmeiras venceu duas seguidas e chegou aos 44 após vencer Fluminense e Grêmio. Hoje o Flamengo é o sexto e pode cair para sétimo caso o Santos vença o clássico contra o Corinthians. Vencer significa não perder mais posições na embolada briga pelo G-4.

 

O Atlético se agarra nas lembranças do primeiro turno quando venceu o Flamengo e a partir desse jogo engatou uma sequência de seis vitórias seguidas, inclusive chegando na liderança por algumas rodadas. O Atlético também não teve um meio de semana bom, perdeu de goleada para o Santos e vai entrar no modo “Galo Forte e Vingador” para continuar na caça ao Corinthians e desfazer as dúvidas dos seus torcedores.

Por isso, o Flamengo precisará levantar a cabeça, colocar as ideias no lugar e jogar futebol se quiser vencer e não transformar o sonho da Liberta em um pesadelo.

 

Camila Leonel