PARA SE ISOLAR NA LIDERANÇA

Foto: ESPN

O Palmeiras vai a Porto Alegre enfrentar o Grêmio, buscando se manter isolado na liderança do Campeonato brasileiro, mas com diversos desfalques.
 
Palmeiras vem de uma sequência de resultados positivos no Campeonato. Mas ainda vai enfrentar grandes desafios que podem ditar os caminhos da equipe no campeonato. Dentre esses duros duelos, está a equipe gaúcha, mesmo tendo sido duramente goleada na rodada passada, continua sendo um adversário perigoso, principalmente em sua casa.
 
A dificuldade da equipe alviverde está concentrada em seus desfalques. Jean e Mina receberam o terceiro cartão amarelo no jogo passado e estão suspensos. Arouca permanece suspenso preventivamente por suspeita de doping, João Pedro que era cotado para substituir Jean, após o treino de sexta-feira, foi afastado por suspeita de lesão no joelho direito.
 
Quem volta a aparecer entre os relacionados é Lucas Barrios, agora totalmente recuperado de lesão. O paraguaio já treinava há alguns com a equipe e poderia ter sido relacionado no último jogo de quarta-feira, mas por opção de Cuca o atacante só foi agora relacionado.
 
Alecsandro que foi, finalmente, absolvido pela suspeita de doping já está liberado para voltar a jogar. Cuca ficou muito feliz com o retorno do jogador, mas provavelmente só vai voltar a relacionar o jogador nas próximas rodadas.
 
A vitória fora de casa deixará o Palmeiras novamente isolado na liderança do Campeonato. O Flamengo, vice-líder, encontra-se empatado em número de pontos após o jogo realizado no sábado (10).
 
Os relacionados para o duelo em Porto Alegre são:
 
Goleiros: Jailson e Vagner
 
Laterais: Egídio, Zé Roberto e Fabiano
 
Zagueiros: Edu Dracena, Thiago Martins e Vitor Hugo
 
Volantes: Gabriel, Matheus Sales, Thiago Santos e Tchê Tchê
 
Meias: Moisés, Fabrício, Allione e Cleiton Xavier
 
Atacantes: Gabriel Jesus, Erik, Lucas Barrios, Rafael Marques, Dudu, Róger Guedes e
Leandro Pereira
 
Marcela Permuy
O Palmeiras vai a Porto Alegre enfrentar o Grêmio, buscando se manter isolado na
 
liderança do Campeonato brasileiro, mas com diversos desfalques.