PARABÉNS VASCO, FOI HORRÍVEL...

 


 

Vasco sai na frente, mas consegue ser atropelado pelo Corinthians.

 

(Foto: Carlos Gregório Jr/vasco.com.br)

 

Como um time consegue mudar um jogo pra pior desse jeito? Como um time comete os mesmos erros todo o jogo e não aprende? Como um cara que se diz treinador pode ser tão covarde? O resultado é esse aí...O Vasco preferiu jogar fora de casa, foi até Brasília e em um segundo tempo ridículo, foi derrotado pela equipe paulista por 4x1, com três gols de Romero, um de Jadson de pênalti e Pikachu também marcou de pênalti, ainda no primeiro tempo. Agora o time para no meio de semana e volta para a mini maratona Rio-São Paulo no próximo domingo (05) contra o tricolor paulista no Morumbi.



 

• O JOGO:

Segue o primeiro tempo da ilusão no Mané Garrincha. O Corinthians até que tentou dominar os primeiros minutos de um primeiro tempo bem movimentado na velocidade de Pedrinho e aproveitando os erros de passes do Vasco que não eram poucos. Mas após conseguir se acertar, foi o gigante que passou a administrar e recuperar a posse de bola envolvendo o clube paulista e chegando com mais perigo ao ataque.

Evander, que assustou a todos quando apareceu na escalação, fez um bom primeiro tempo distribuindo e armando bem as jogadas em velocidade. Pikachu que andava meio sumido, quando mudou de lado passou a aparecer mais no jogo e em uma jogada individual de velocidade, entrou na área e foi derrubado, pênalti que o próprio cobrou colocando o time na frente aos 45' minutos e como já estava no fim, foi só segurar o resultado e terminar a primeira etapa vencendo por 1x0.   

 

(Foto: Carlos Gregório Jr/vasco.com.br)

 

"Essa oscilação que a gente vem tendo durante todo ano. Não podemos fazer um primeiro tempo muito bom, pressionando, e depois no segundo um jogo abaixo do esperado. Não fizemos nada, Corinthians foi muito superior. Essa oscilação que não podemos ter. Quando toma uma virada, fica muito difícil se recuperar."

(Yago Pikachu)


 

No segundo tempo o Vasco não voltou para o jogo, tanto é que com menos de 5 minutos, os Corintianos já comemoravam o empate. Após mais um erro de passe que desorganizou a defesa, Romero fez o seu primeiro gol na partida.

O Corinthians passou a dominar o jogo, o segundo tempo foi todo seu. Em mais um momento de sono da defesa do Vasco, aos 11' Romero já estava virando a partida após cruzamento de Clayson que não foi incomodado em momento algum.

O Vasco mudou completamente a postura, estava irreconhecível poupou jogadores contra a LDU, mas parece que não adiantou muito, já que o time estava andando em campo, cometia erros infantis e Jorginho parecia observar a tudo perdido, sem saber o que fazer, demorando a achar algo para tentar mudar a situação já que dessa vez não pode contar com a ajuda do seu "auxiliar técnico Paulão" e graças a Deus não vai precisar contar mais. Eu espero que o Vasco não possa contar com os dois nunca mais...

Voltando, após mais um momento de desespero da defesa, os paulistas ampliaram o marcador com Jadson que cobrou o pênalti sofrido por Matheus Vital jogando um balde de água fria no time do Vasco. E os seis minutos de acréscimos só serviram para Romero marcar o seu terceiro gol, após a defesa dormir e o atacante sair sozinho na cara de Martín, fechando o placar da partida.


 

"Fizemos um primeiro tempo muito bom, organizados, criando chances, tendo oportunidades. Faltou equilíbrio após o gol de empate. Faltou um pouquinho de paciência, trocar a bola. Foi ruim, porque tomamos o gol muito rápido e infelizmente a equipe não conseguiu reagir após levar o segundo gol. Foi um apagão." ( Jorginho)

 

(Foto: Carlos Gregório Jr/vasco.com.br)

 

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 4 CORINTHIANS

Local: Estádio Mané Garrincha, Brasília (DF)

Data-Hora: 29/7/2018 - 11h

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA-PA)

Assistentes: Helcio Araujo Neves (CBF-PA) e Heronildo S Freitas da Silva (CBF-PA)

Público/Renda: 33.516 pessoas |  R$ 1.823,665

 

Gols: Yago Pikachu (45'/1T); Romero (3'/2T), (11'/2T) e (48'/2T), Jadson (33'/2T)

Cartões amarelos:  Ramon, Ricardo Graça  e Desábato (VAS)

 

VASCO: Martín Silva, Luiz Gustavo, Breno, Ricardo e Ramon; Desábato (Paulo Vitor - 34'/2T), Andrey, Yago Pikachu, Evander (Wagner - 15'/2T) e Kelvin (Lucas Santos - 20'/2T); Andrés Ríos - Técnico: Jorginho

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Pedrinho (Emerson Sheik - 39'/2T), Jadson (Léo Santos - 35'/2T) e Clayson (Mateus Vital - 22'/2T); Romero - Técnico: Osmar Loss

 

Por: Jessica Martins