Parece que a temporada virou não é mesmo?

Fonte: www.libertaddigital.com

Após um começo de temporada ruim, muitos acreditaram que era o fim do futebol de alto nível de Cristiano Ronaldo. Com Benitez no comando da equipe os torcedores merengues vaiavam quase todos os jogos. Enquanto isso na Cataluña, o Barcelona voava no campeonato nacional.

 

No primeiro El Clássico da temporada, um verdadeiro vexame em casa para o Barcelona de 4X0. O que foi suficiente, mesmo após muitas declarações contrárias, para a queda de Benitez.

 

A La Undecima ainda era um sonho a ser alcançado pela equipe merengue, e com a chegada de Zinedine Zidane ficava cada vez mais perto de realizar.

 

Infelizmente, veio um tropeço na Alemanha, 2 X O para o Wolfsburg e apenas um milagre classificaria o Real Madrid para a semi-final da UEFA Champions League. Fora a classificação milagrosa que teriam de conseguir, o Real ainda teria que buscar a revanche do El Clássico no Camp Now, o que muitos diziam que seria impossível. 

 

Mas, como dizem os amantes do futebol, para este esporte nada é impossível meus amigos, e o improvável aconteceu. Casemiro levou Messi para casa em seu bolso após umas de suas melhores partidas desde que pisou em solo Espanhol, Cristiano Ronaldo vira o jogo e garante a vitória Merengue por 2 X 1 comemorando do melhor jeito impossível "Calma, Calma..." como muitos culés já conhecem!

 

Após a chegada de Zidane, a equipe recuperou a alto estima e o melhor futebol do mundo. Na noite anterior a decisão das quartas de final que ocorreria no Santiafo Bernabeu em Madri, Cristiano Ronaldo declara: "Será uma noite mágica". E conta com o apoio da torcida. A noite magica chegou, com três gols de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid se classifica para as semi-finais contra o Manchester City. Partida que os Merengues venceram por 1x0,depois que Carvajal lançou Bale na área e o galês bateu cruzado, de primeira. Como a bola desviou em Fernando e entrou no ângulo de Hart, o gol foi dado ao brasileiro.

 

A final seria a mesma da temporada 2013/2014, os clubes espanhóis se enfrentariam em Milão no estádio San Siro, seria está uma oportunidade de vingança para os colchoneros? Infelizmente, os Deuses do Futebol são Madridistas, mas não que tenha sido um jogo fácil, o domínio tático foi do Real, com atuações incríveis de Casemiro, Kroos e Modric. Cristiano Ronaldo teve uma partida discreta.

 

Mais uma vez, Sérgio Ramos, nome que deve causar calafrios na torcida do Atlético de Madrid. O zagueiro foi o autor do gol que empatou a decisão no último minuto em 2014 e levou para a prorrogação. Na sequência, o Real goleou por 4 a 1. E mais uma vez provou ser artilheiro das finais de Liga. Após Kroos cobrar falta na área, Bale desviou de cabeça e Ramos, tocou na saída de Oblak para abrir o placar e fazer explodir em alegria a torcida merengue no San Siro e no mundo. Mas, aos 32 minutos do segundo tempo Carrasco empata para os colchoneros.

 

A partida segue empatada durante todo o tempo normal e os dois tempos da prorrogação, levando a decisão para os pênaltis. Nas cobranças não tem choro e nem vela, Juanfran acerta a trave e deixa nas mãos ou nos pés de Cristiano Ronaldo a decisão da Champions. E claro, a La Undácima é nossa Madridistas !!!!

 

Fonte: www.movenoticias.com

Em solo Espanhol, o Barcelona de Luiz Henrique levava o Campeonato Nacional. Mas, ainda faltavam dois campeonatos de extrema importância para que a temporada enfim acabasse: A Copa América e a Euro 2016. Muitos diziam que se a Argentina ganhasse a Copa América, Cristiano Ronaldo não teria chances de levar a tão sonhada FIFA Balon D'or 2015/2016, já que a seleção de Portugal é visivelmente inferior taticamente a da Argentina, mesmo com ele em praticamente todos os jogos.

A Argentina chegou a final que foi decidida nos pênaltis contra o Chile, mas Messi mandou a bola pra lua, e o Chile foi campeão da Copa América.

 

Na França, a Seleção Portuguesa enfrentaria a seleção anfitriã na final da EURO 2016. Duas seleções no mesmo lugar mas com retrospectos diferentes, a França vinha com força total, já a seleção de Portugal vinha desgastada, já que suas vitórias vinham de decisões em pênaltis ou prorrogações.

 

O futebol imprevisivelmente maravilhoso como é, nos prega peças difíceis de aceitar, aos 25 minutos do primeiro tempo, Cristiano Ronaldo é atingido com uma falta dura de Dimitri Payet, no chão ele chora muito e sai do campo para melhor atendimento. Minutos depois, com o joelho esquerdo enfaixado, ele volta, ainda com muitas dores para ajudar sua amada seleção. Poucos minutos depois, o camisa 7 tira sua braçadeira de capitão e desmorona no chão, com muitas dores e também com a sensação de não poder cumprir seu maior desejo, que era ganhar um título de expressão por Portugal. Ele entrega a braçadeira a Nani, e sai de maca muito abalado, substituído por Quaresma.

 

Após vinte minutos de atendimento no vestiário, Cristiano Ronaldo volta ao campo, já de tênis e mancando muito,para assistir o fim da partida do banco de reservas. Mas, aqueles que conhecem o craque do Real Madrid sabiam que ele não passaria em branco, foi a beira do gramado ajudar o técnico Fernando Santos a comandar o time. O jogo permaneceu empatado sem gols, e foi levado a prorrogação. Cristiano entra em campo para motivar seus companheiros e diz a Éder "O gol é seu" e assim se concretizou, com gol de Éder, Portugal leva a Euro2016 para casa !!

 

Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, o menino da Ilha da Madeira, conquista a Europa e seu maior sonho, ganhar um título de expressão por Portugal.

 

Fonte: www.granjahoje.com

 

Gloriosamente a temporada 2015/2016 chegou ao fim, depois de muito criticado e desacreditado, Cristiano Ronaldo recebeu o prêmio de Melhor jogador da Europa, e já é dado por muitos o grande vencedor do FIFA Balon D'Or 2015/2016. Com contrato renovado até 2021, e declarações de que jogará mais dez anos,podemos esperar inúmeras temporadas como esta.

 

Por isso sempre digo, que se tratando de Cristiano Ronaldo, nunca podemos desacreditar, dizer que é o fim, porque as criticas o alimenta, e ele ama calar o mundo, não com respostas bem elaboras, mas sim, com o melhor futebol da atualidade.

 

Ao artilheiro do Século XXI, o meu muito obrigada.

 

Síííííííí,

 

Por: Michelly Kassia.