PREFIRO PERDER UMA PARTIDA POR NOVE GOLS A PERDER NOVE PARTIDAS POR UM GOL!

 

Primeiro, gostaria de dizer que me saí muito bem no cartola essa rodada. portanto, creio eu, que escalo melhor que o senhor Jair Ventura. Dito isto, vamos ao jogo…


O titulo do meu texto é uma frase que tirei de um livro que li há alguns dias atrás, é uma citação de um treinador sérvio e de alguma forma ela me marcou. Mas, o que ela tem a ver com o jogo de ontem? Ora, não são das grandes derrotas que tiramos as maiores lições? Por que a derrota vexatória para o Grêmio na quarta rodada do brasileiro não foi suficiente para aprendermos? Por que depois disso - antes também - não conseguimos nos organizar? E mais, até quando o Santos vai "resistir"?

São ‘N’ motivos que nos trouxeram até aqui, mas uma das coisas que mais me incomoda ainda é essa diretoria, que ao meu ver (de longe, admito) me parece passiva demais, sossegada demais, parada demais. O presidente está viajando com a delegação da seleção Brasileira!! Vê se alguém precisa dele lá meu Deus! E prometeu (vejam bem) reforços para DEPOIS da Copa, atletas que disputarão o mundial. Não sei se eu que sou muito descrente ou se os resultados afetaram minha confiança, mas não consigo acreditar que essas promessas serão cumpridas. Espero estar enganada.

O Santos perdeu o terceiro jogo seguido sem fazer ao menos um gol e ocupa a 18º posição, na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

 



gabriel.jpg
Foto: Giuliano Gomes/Estadão Conteúdo

 



Sobre Jair Ventura:

Em 31 jogos foram 12 vitórias, 6 empates e 13 derrotas; 37 gols marcados e 33 gols sofridos
45% de aproveitamento.

 


“Se eu vou pedir demissão? Eu não peço demissão. Aqui não tem covarde para entregar o cargo. Já falei com o vice-presidente e ele deu respaldo. Essa gestão confia muito no meu trabalho em longo prazo”, disse Jair, em entrevista coletiva.

A nós, torcedores,  não interessa se você joga com o time todo lá atrás (o que parece ser o SEU estilo de jogo, não o do Santos), a nós não interessa se você escala um ou cinco atacantes, a nós só importa o resultado, só interessa os pontos conquistados, que sejam goleadas de 1x0. Dentro da nossa realidade, não queremos um jogo bonito, cheio de firulas, pode ser jogo feio com gol de barriga mesmo, desde que faça!!


– Agora é pedir apoio (da torcida), e a gente, dentro de campo, procurar melhorar para sair com o resultado que são as vitórias – disse rapidamente Renato, o único a falar no aeroporto.

Eu não discordo do meia santista, é hora de apoiar e mostrar que independente da situação em que se encontra o clube, a torcida acredita que há chances de recuperação. Mas, paciência tem limite né meu caro.


Os resultados dentro das quatro linhas tem afetado o torcedor santista, parece que está todo mundo perdido, o  desespero em campo passa para o torcedor, nós nos tornamos parte desse elenco medroso e confuso. Que não sabe se pede à Deus para conquistar a Libertadores ou permanecer na série A.

O Santos recebe o Vitória na Vila Belmiro, no domingo. E é estranho para essa torcedora, estar entre os times que "brigam para não cair".

Por Andra Jarcem, com o Santos onde e como ele estiver.