PRIMEIRO DO ANO E O PRIMEIRO DO TÉCNICO MITO

 

Na noite deste sábado (21) o Tricolor Paulista levantou o primeiro caneco da era ROGÉRIO CENI, agora como treinador o MITO viu sua equipe vencer a final da Florida Cup, além disso, este foi primeiro Majestoso do ano, um jogo cheio de rivalidade decidido apenas nos pênaltis.

 

                            saopaulo_efe.jpg

Lugano foi o escolhido para erguer o troféu - Foto EFE

 

O Jogo

 

No primeiro tempo o time do São Paulo se destacou sendo muito mais ofensivo, mas a mira não era das melhores perdendo gols que poderiam decidir o jogo que ficou tenso aos 17 minutos quando Bruno e Marquinhos Gabriel se estranharam após uma dividida que provou uma confusão generalizada digna de final de campeonato com Majestoso, Jô foi o primeiro a chegar para tirar satisfação, interpelado por Rodrigo Caio e Maicon. Kazim se juntou ao grupo,chegou empurrando Wellington Nem e a tensão tomou conta do duelo, com xingamentos dos dois lados. Cerca de dois minutos depois, o juiz Jonathan Weiner resolveu dar cartão vermelho para Kazim e Maicon, os mais exaltados na confusão e poupou o lateral são-paulino e o meia-atacante corinthiano pivôs da discussão de qualquer punição.

 


Em sua rede social Maicon Declarou “...uma coisa é certa, vou defender esse escudo com toda vontade e raça..” FOTO: esportes.terra

 

No segundo tempo Ceni e Carille abusaram das alteraçõe, mas eram os alvinegros que pareciam levar a melhor pressionando o Soberano, mas assim como o tricolor no primeiro tempo não conseguiu balançar a rede.

E como nenhum time marcou nos 180 minutos a decisão precisou ser nos pênaltis e foi ai que a estrela de mais um goleiro começou a BRILHAR!

O time alvinegro começou com Fellipe Bastos, SIDÃO defendeu, pelo tricolor João Schmidt bateu  e fez, Giovanni Augusto bateu e balançou a rede para o Corinthians, Cícero fez o segundo para o SPFC, Marciel cobrou para o time de itaquera e de novo SIDÃO defendeu, Araruna bate mal e Cássio defendeu, Paulo Roberto fez pelo Corinthians, Júnior Tavares pelo São Paulo, Marlone para o alvinegro e chegou o último pênalti que ia decidir se o título ia ficar no Morumbi, Gilberto na bola, GOOL, São Paulo Campeão da Florida Cup.






 

FELIZ ANIVERSÁRIO PATRÃO!

 

Há 44 anos Dona Hertha Mücke Ceni e Eurydes Ceni comemoravam a chegada do quarto e último filho na pequena cidade de Pato Branco no Paraná, e não imaginavam que naquele momento colocavam no mundo o grande ídolo de toda história do São Paulo Futebol Clube, o maior goleiro-artilheiro do futebol mundial.

 

Uma história mais que conhecida, cercada de determinação, recordes e títulos, o menino que chegou no Tricolor Paulista com 17 anos e dormiu por tanto tempo embaixo das arquibancadas do Morumbi cresceu e se tornou literalmente o PATRÃO.  

 

 

Parece um time, mas é são só os títulos do MITO
Foto: Terra.com



 

A equipe São Paulina do blog MULHERES EM CAMPO só pode agradecer ao M1TO por tanta dedicação embaixo das traves, nas cobranças de faltas e pênaltis e agora no banco como TREINADOR, desejamos muitos anos de vida e principalmente dezenas de conquistas!





Por: Beatriz Souza e Jéssica Nogueira Gonçalves