PROMOÇÃO: TESTE SEU CORAÇÃO EM MAIS UMA COMPETIÇÃO!

 

 

Com campanhas idênticas no ano, até então, Tubarão e Brasil fazem o confronto dos desesperados

 

Se não for sofrido, não é o xavante: disso nós sabemos bem. O rubro-negro viaja até o estado vizinho, Santa Catarina, para encarar a equipe do Atlético Tubarão na primeira fase da Copa do Brasil. A partida acontece na quinta-feira (14), às 19h00, no Estádio Domingo Silveira Gonzales. Um empate já classifica a equipe gaúcha para a etapa seguinte.

O histórico xavante na competição não é nada favorável. Foram três participações, todas cessadas precocemente na fase inicial. A primeira, em 2013, contra o Athletico Paranaense terminou com o placar agregado de 3x0 para o rival. Em 2015, o Brasil encarou outra pedreira: o Flamengo. Foi eliminado pelo placar agregado de 3x1. Em 2016, um reencontro com o CAP e uma eliminação por 2x1.

Agora, pela primeira vez, apareceu diante do rubro-negro um adversário passível de se encarar de igual para igual. Mas o destino não nos facilita tudo e portanto, no momento em que tínhamos chance de ir além, o Brasil se encontra em um dos piores momentos dos últimos anos. Lanterna do estadual, sem uma vitória no ano e correndo sérios riscos de rebaixamento.

 

(Foto: Carlos Queiroz - DP)

 

O Tubarão não está tão de boa na lagoa assim, muito pelo contrário: se encontra em situação praticamente idêntica ao rubro-negro pelotense. Também segura a lanterninha de seu próprio estadual e recentemente também perdeu seu comandante, Paulo Silas, no dia último dia 3 de fevereiro. Será comandada por Beto Almeida de forma interina, assim como Gustavo Papa pelo lado xavante.

Só é possível ver um lado bom nessa história toda: um empate classifica o Brasil para a próxima fase. É preciso se esforçar demais para não conseguir este resultado, mesmo que a gente não duvide nada dos esforços rubro-negros para quebrar a cara do torcedor. Ainda assim, a fé é o que nos move e a última que morre. A classificação seria a chacoalhada que estamos precisando para acordar inclusive no gauchão.

A escalação da equipe para o confronto não foi revelada, nada dos treinos foi exposto após a saída de Paulo Roberto Santos com o resultado desastroso do fim de semana. A torcida xavante promete comparecer em bom número à cidade de Tubarão, afinal o Brasil nunca joga sozinho. Que a nossa sintonia possa levar a um feito histórico e que juntamente dele, venha a primeira vitória do ano. Papa nos abençoe!

 

Avante com todo o esquadrão!

Por: Alice Silveira