Provou do próprio veneno!

 

 

 

(Foto: Quentes da Jaconera)

 

 

No último domingo (12), o Juventude recebeu a equipe do Internacional no Estádio Alfredo Jaconi, em disputa da 7ª rodada do Campeonato Gaúcho 2017. A partida teve início às 16h (horário de Brasília).

 

Após o temporal na madrugada de sábado para domingo que alagou os túneis de entrada para o campo do Alfredo Jaconi, o mesmo se encontrava em ótimas condições de jogo e algumas horas antes da partida a drenagem já havia dado conta de toda água no gramado, tendo como grande problema, apenas o acesso.

 

Com tudo sob controle foi confirmada a partida entre Juventude x Internacional. Na primeira partida sob o comando do Técnico Gilmar Dal Pozzo, já foi visível a grande mudança na equipe alviverde, que se mostrou superior em grande parte do jogo.

 

O goleiro Danilo, da equipe colorada foi quem mais apareceu no time, fazendo grandes defesas e livrando o colorado do que eram ótimas chances de gol a favor do Juventude, assim como o goleiro alviverde também brilhou na partida.

 

Aos 12 minutos do segundo tempo Charles chegou firme em Pará e acabou sendo expulso, jogador que trouxe perigo ao gol alviverde diversas vezes. Mesmo com um jogador a mais o Juventude não conseguiu buscar o gol da vitória.

 

Já ao final da partida um pênalti duvidoso foi marcado a favor do Juventude, e Tadeu converteu deixando o Juventude com a vitória. Tal pênalti muito comentado por colorados e demais, que se esquecem de diversas vezes em que o Internacional já foi favorecido pela arbitragem no Gauchão, inclusive na FINAL, contra o Juventude, assim como outros times do interior. O colorado provou do seu próprio veneno neste domingo, e ainda se sente injustiçado.

 

Diego Real, o árbitro que marcou o pênalti que tanto causou, foi afastado de seu trabalho por desfavorecer os queridinhos da FGF, coisa que não foi feita com nenhum dos árbitros que já fizeram até pior diante de times do interior para favorecer o Internacional.

 

Como sempre nos disseram, é coisa do futebol, erros fazem parte, né?!

 

Deixando o mimimi de lado, o foco agora é caJU, o clássico da cidade de Caxias do Sul acontece no próximo sábado (18), no Estádio Alfredo Jaconi.

 

por Fernanda Andreazza