QUAL GRÊMIO DESEMBARCOU NO MÉXICO?

 

É difícil explanar sobre o titulo desse texto sem levar em consideração a impressão da maioria dos gremistas que acompanharam a partida entre Grêmio e São José na última sexta-feira (12/02), válida pela 4º rodada do Gauchão e também o centésimo jogo realizado na Arena do Grêmio. Por se tratar da última apresentação gremista diante da torcida antes de sua estreia na Libertadores, a derrota por 2 a 0 para os visitantes não era, definitivamente, o resultado esperado pelos torcedores Tricolores.

Em um primeiro tempo em que o Grêmio mostrou várias tentativas de abrir o placar em casa, o destaque foi, sem dúvida alguma, o goleiro adversário Fábio. O defensor do São José fez, no mínimo, quatro defesas difíceis para evitar que os mandantes da noite saíssem em vantagem. O desempenho do goleiro justifica o fato de o São José ainda não ter levado gol nesse Campeonato Gaúcho. Se não bastasse a falta de eficiência gremista em finalizar no decorrer do primeiro tempo, nos acréscimos, um erro na saída de bola proporcionou aos visitantes um contra-ataque no qual Deivid cruzou para o companheiro Heliardo, que abriu o placar ao chutar cobrindo o goleiro gremista.

Na volta dos times para o segundo tempo, a postura gremista preocupou seus torcedores. O receio era de que ao tentar o empate a qualquer custo, o São José tivesse ainda mais chances de contra atacar da mesma forma que resultou em seu gol na primeira etapa. A entrada do estreante Henrique Almeida no time do Grêmio aos 11 minutos trouxe a esperança aos que aguardavam ansiosamente pela sua primeira atuação pelo Tricolor. O atacante teve duas boas finalizações, entretanto, na chance mais clara de gol, foi interceptado por mais um ótimo lance do goleiro Fábio. Aos 27 minutos, o Tricolor balançou as redes, mas a condição de impedimento do marcador Luan foi corretamente apontada pela arbitragem.

 

Fonte: Site ducker.com.br

 

Por fim, aos 42 minutos do segundo tempo, os gremistas presentes na Arena testemunharam Guilherme praticamente sacramentar a vitória dos visitantes da noite ao marcar o segundo gol de sua equipe, após um erro de passe do zagueiro gremista Kadu. Vale ressaltar que a atuação de Kadu foi um dos pontos mais questionados na partida de sexta-feira. A atuação fraca da dupla de laterais parece ter deixado a situação da zaga Tricolor ainda mais fragilizada, ponto este que não passou em branco nas discussões daqueles torcedores que ficaram preocupados com a apresentação de seu time. O próximo compromisso do Grêmio pelo Gauchão ocorre no domingo (21/02), novamente em sua casa, às 17 horas, contra a equipe do Novo Hamburgo.

 

ESTREIA NO TORNEIO CONTINENTAL

Porém, antes do próximo desafio na competição regional, o Tricolor Gaúcho terá pela frente a partida mais aguardada desde sua pré-temporada: a estreia na Libertadores da América, contra o Toluca. O Grêmio viajou para o México nesse sábado (13/02), consideravelmente adiantado, já que a partida ocorrerá na meia-noite de quarta para quinta-feira (18/02). A delegação formada por 22 atletas do clube é composta por:

 

Goleiros: Marcelo Grohe, Bruno Grassi e Léo;

Laterais: Walace Oliveira, Marcelo Oliveira e Marcelo Hermes;

Zagueiros: Pedro Geromel, Kadu, Fred e Bressan;

Volantes: Maicon, Edinho e Kaio;

Meias: Douglas, Giuliano e Lincoln;

Atacantes: Luan, Éverton, Pedro Rocha, Fernandinho, Henrique e Bobô.

 

Na tarde desse domingo (14/02), a equipe do técnico Roger Machado já iniciou as atividades em solo mexicano. É provável que o time de Porto Alegre faça três atividades em campo antes do jogo da quarta-feira. Entretanto, a preparação gremista para sua estreia na Libertadores não vai se limitar aos trabalhos externos. Passados os compromissos pelo Gauchão antes do Toluca, os jogadores gremistas afirmaram que a partir de agora o comandante Roger irá direcionar os estudos extra campo sobre os adversários mexicanos. Além dos trabalhos táticos, a busca por informações e o mapeamento das características da equipe rival também vai ocupar a rotina durante a passagem gremista pelo México.

Fonte: Eduardo Moura / GloboEsporte.com

 

Pois bem, caro torcedor gremista, a terceira semana de fevereiro chegou. A ansiedade de ver a atuação do Grêmio em sua estreia na Libertadores (que se estende desde o dia 22 de dezembro, quando o sorteio do continental foi realizado), está cada vez mais próxima de acabar. O resultado da partida e o desempenho do Tricolor ainda é uma incógnita para sua torcida. Entretanto, o que se tem de certeza sobre essa semana, é que os dias irão se arrastar até quarta-feira. E a quarta-feira em si, será aquele típico dia que parece ter 36 horas, pois a sensação será de que o tempo não passa.

Se o Grêmio que desembarcou no México e que enfrentará o Toluca se mostrar diferente daquele que perdeu em casa na última sexta-feira e voltar para casa com um bom resultado, a ansiedade do torcedor será substituída pela satisfação de um bom desempenho. Mas é claro, que no dia seguinte, essa mesma ansiedade já voltará com a expectativa do próximo confronto na Libertadores…


Cíntia Menzomo