Qual o papel da torcida?

 

Imagem: Paraná Clube

 

Paraná Clube e América-MG se enfrentaram ontem (07), na Vila Capanema, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B e ficaram no empate em 1x1. O Tricolor estava melhor e teve boas oportunidades de abrir o placar, mas foi o visitante quem saiu na frente, aos 44 minutos do primeiro tempo. Aos 7 minutos da segunda etapa, o Paraná empatou o jogo. Aos 23, o zagueiro Paranista Rayan foi expulso pelo segundo cartão amarelo e a partir daí, o Paraná mais se defendeu e atacou nas poucas chances que teve. Segurou o resultado e no final das contas conquistou um ponto importante, dadas as circunstâncias.

Com este resultado, o Paraná Clube é o 10º colocado.

Desculpem, mas hoje não vou me estender neste assunto, pois temos algo muito mais importante a debater: a postura da torcida com relação aos jogadores.

 

 

VÁRIOS PESOS E VÁRIAS MEDIDAS

 

Acho difícil criticar algum jogador que veste o nosso manto sagrado, mas deixando o emocional de lado, vou analisar o desempenho dos jogadores que participaram ontem e de outros que fazem parte do nosso elenco:

Richard: Incontestável. Tem sido destaque em todos os jogos. O seu diferencial são as saídas seguras e saber se adiantar às jogadas, intimidando o adversário e fechando todo e qualquer espaço. Será uma briga boa entre ele e o Léo pela titularidade.

Junior: Apareceu pouco. Já fez melhores partidas, mas é um bom lateral. Pode render mais.

Rayan: Foi imprudente ao receber o segundo cartão amarelo, mas é um excelente zagueiro e ao lado do Brock, formam a defesa menos vazada desta série B.

Eduardo Brock: Xerifão. Peça fundamental na zaga e ainda ajuda com alguns lançamentos e toques. Imprescindível na busca pelo acesso.

Igor: Bom lateral, esforçado, participativo, mas precisa caprichar mais nos cruzamentos.

Gabriel Dias: Volante de criação, leve e técnico. Ajuda muito nas jogadas de velocidade. Gosto do seu estilo de jogo.

Zezinho: Se esforçou, mas falta ritmo. Bom reserva.

João Pedro: Jogou bem, pode render muito mais. Chegou agora e poderá conquistar um espaço no time titular. Foi desnecessário ter sido vaiado por parte torcida por puro clubismo. Ele veio para somar e como profissional, acredito que vá dar o seu melhor.

Minho: Não gosto de falar mal, mas não dá mais. Pode ser esforçado, mas só corre e pula. Não ganha uma jogada, não ajuda na marcação e não está lá na frente para finalizar quando precisamos. Corre muito. Mas é futebol, não maratona. Falta técnica. Jamais seria titular no meu time.

Renatinho: Bom jogador, mas tem que participar mais. Não adianta ficar esperando bola no pé, vai ter que dividir, buscar jogadas e treinar mais bola parada, que pode lhe garantir a titularidade. O time precisa de suas boas atuações.

Robson: Titular sim. Ele é esforçado, participativo, ajuda na defesa quando pode, desarma bem e está sempre buscando jogo. Pode ser um pouco individualista, mas ao meu ver, tem melhorado muito nesse quesito. Jogador diferenciado que pode definir o jogo em um lance. Precisa de apoio para recuperar a confiança, mas está no caminho certo.

Alemão: Vai precisar de mais tempo para mostrar a que veio e tomara que se destaque e seja o nome que tanto procuramos.

Rafhael Lucas: Jogou bem, participou bastante. Primeira oportunidade como titular e já mostrou a desenvoltura necessária. Vai brigar forte pela titularidade e está entre meus favoritos.

Wallace: Bom zagueiro também, só não é titular porque Brock e Rayan estão muito bem e não deixam espaços.

Cristian de Souza: Sua inexperiência é visível em algumas substituições, muitas vezes desnecessárias. Porém tem trabalhado dentro de suas limitações e dá oportunidade para todos conquistarem seu espaço. Faz o que pode com a equipe que tem. Eu teria tirado o Robson ou o Renatinho antes de sacar o Rafhael Lucas ontem, mas são escolhas que o técnico tem que fazer no calor do jogo para recompor uma expulsão inesperada.

Não adianta achar que dentro da nossa realidade vamos contratar o melhor técnico e os melhores jogadores do mercado. Nem este grupo, nem esta diretoria são culpados pelo nosso martírio na série B. O trabalho está sendo feito. Precisamos confiar e principalmente apoiar.  

Pegam no pé do Robson todo jogo. Não falam nada sobre o Renatinho, Minho e Felipe Alves. Reclamaram do Leandro Vilela na lateral, onde ele estava jogando improvisado, para ajudar. Questionaram até seu talento como volante. Além de ser leve, liso e rápido, marca bem, joga com garra, com raça e amor à camisa que não se vê hoje em dia. Johny, Vilela e Gabriel Dias são ótimos volantes. Um setor a menos para nos preocuparmos. Vamos focar na busca por artilheiros, chega de Minho e Felipe Alves e um dos piores ataques da competição. Precisamos de gol, isso sim está faltando.

O fato é que não existe um culpado, é um grupo unido, temos que apoiar e não deixar que este espírito de luta e união se percam.

A torcida tem sim o direito de reclamar e sabemos que as críticas por clubismo ou implicância são isoladas e exclusivas de grupos que não tem tanta paciência. Mas vamos nos respeitar acima de tudo. Respeito entre a torcida, afinal, cada um tem sua opinião. E respeito pelos profissionais que estão vestindo nossa camisa, pois dependemos deles para conquistar o tão almejado acesso. Vou repetir: Juntos somos mais fortes! Ninguém vai ao estádio achando que vai perder, nem os jogadores entram em campo buscando a derrota. Todos temos o mesmo objetivo: vencer!   

 

 

Imagem: Paraná Clube

 

 

PRÓXIMO JOGO

 

Nosso próximo confronto será na terça-feira (11), contra a equipe do Vila Nova em Goiânia, às 20:30. Vamos buscar essa vitória fora de casa.

Rayan, expulso, e Robson que levou o terceiro amarelo, são desfalques do Tricolor para esta partida. Leandro Vilela e Felipe Alves retornam e estarão à disposição o técnico Cristian de Souza.

 

 

SEJA SÓCIO

 

Imagem: Paraná Clube

 

 

Torcedor, agora é a hora de apoiar! Vamos para mais uma batalha fora de casa e a sua ajuda é muito importante! Vire sócio e aproveite as vantagens e descontos que o Tricolor conseguiu para você!

https://socio.paranaclube.com.br/index.php/prcvantagens

Ajude o Paraná Clube a alcançar o seu maior objetivo em 2017: o acesso à Série A!

Confira as modalidades disponíveis e não fique de fora:

https://socio.paranaclube.com.br/

O Paraná precisa de você!

Eu continuo acreditando no acesso, confiando no time e apoiando semPRE!

 

SemPRe Tricolor, Itauana Morgenstern.