QUAL SERÁ A MELHOR SAÍDA PÓS PANDEMIA?


 

Foto: Reprodução da página oficial do clube

 

Diante do grande avanço e da enorme quantidade de vítimas do novo coronavírus, o mundo precisou parar suas atividades gerais no sentido de entretenimento, o Brasil parou, e consequentemente Alagoas também.

O futebol teve sua pausa forçada no mês de março, no Campeonato Alagoano mais precisamente, a pausa foi na sexta rodada, com tudo muito indefinido, ficamos com o gostinho de 'quero mais', afinal, para o ASA a situação estava feia.

Mas pós pandemia qual seria a saída mais sensata a seguir? Qual posicionamento esperamos da Federação Alagoana de Futebol?

Particularmente, como uma pessoa louca por futebol e amante do meu ASA GIGANTE, eu espero que acertadamente a Federação opte por findar a competição, deixando para o próximo ano toda e qualquer disputa! 

Sabemos que a maioria dos clubes de Alagoas não contam com recursos para manter um elenco sem atividade, e um possível retorno 'obrigaria' a eles um gasto enorme com proteção para todos que formam aquele clube, e vale lembrar que não se trata apenas dos atletas, mas tem a 'tia' da lavanderia, o 'tio' que é roupeiro, tem também aquele que é a mão na roda para o elenco (o 'tio' do busão), e assim por diante.

Além dos fatores internos/externos, existe o fato de que para mim, um retorno seria egoísmo! Sim, egoísmo! Egoísmo com as pessoas que morreram com esse vírus. 

Em um ano como esse que estamos vivendo, qual êxtase teremos em gritar um "É campeão"? Qual felicidade teremos em saber que o coleguinha da torcida faleceu sem poder celebrar contigo aquele momento?

Acredito que em 2020 a palavra de ordem precisa ser EMPATIA, empatia porque podia ter sido eu, podia ter sido um dos meus,  empatia porque foram embora milhares de vidas! Vidas essas que infelizmente não retornarão, mas o futebol sim, pode retornar, no próximo ano, com maior estabilidade para todXs.

Enfim, espero e torço para que vençamos essa batalha, mas se cuidem, cuidem dos seus, se tiverem a opção de ficar em casa, fiquem, caso contrário, se protejam! 

 

Por: Arielly Soares, torcedora e colunista do ASA GIGANTE

 

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Mulheres em Campo.