“Quanto mais apanhado mais preto e encarnado. ”

Dois jogos, Corinthians (casa) e Ponte Preta (fora), o Sport precisa de duas vitorias e uma combinação de resultados: São Paulo e Internacional não podem vencer os seus dois últimos jogos no campeonato e o Santos ganhar apenas uma partida. Ou caso o Santos ganhe a Copa do Brasil e vença seus dois confrontos e o São Paulo tropece. Essa é o caminho do Leão para chegar à Libertadores.

Impossível?  Tem torcedor(?) dizendo que sim...

Torcedor que esqueceu todo o caminho que a gente trilhou para chegar onde estamos agora, digo “a gente” porque somos nós que fazemos o Sport Club do Recife, fomos nós que choramos nas derrotas, fomos nós que passamos dias sem sair de casa porque o time foi rebaixado para série B, somos nós que passamos a semana, o mês, até um ano inteiro juntando o suado dinheiro para comprar o ingresso da final do campeonato, ás vezes o jogo não vale nada, mas sentimos a necessidade de estar lá na arquibancada, suando, cantando e agradecendo a Guilherme de Aquino por ter fundado essa nação de vencedores.

Aqueles jogos que sentimos mais adrenalina do que hemoglobina circulando nas veias devem ser lembrados nessa reta final, vamos relembrar porque o Sport é chamado de Jason, mostre que o sangue que corre nas suas veias é vermelho e preto.

Eu sei que quem está longe de Recife daria tudo para ir a Arena apoiar o Leão neste domingo, e é lá que você que é torcedor do Sport e mora em Recife DEVE estar. Se não for por você, vá pelos que estão longe, pelos que estão trabalhando, apenas vá, mas só vá se for para apoiar, se for para xingar, passe bem longe.

VAMOS LOTAR A ARENA E VIVER COM O SPORT ESSA EMOÇÃO

QUEM NÃO FALAR DO SPORT É MUDO

CAZÁ, CAZÁ E PELO SPORT TUDO

Beatriz Cunha