QUARTAS DE FINAL? I’LL BE THERE!

 

Inglaterra vence a Colômbia nos pênaltis de forma histórica e se classifica para as quartas de final

 

Foi sofrido, histórico e emocionante em muitos aspectos e a Inglaterra está classificada para as quartas de final da Copa do Mundo de 2018. Há 12 anos os ingleses não chegavam tão longe em um Mundial e nunca em sua história haviam vencido uma disputa por pênaltis na competição. Poderiam passar sem esse teste, caso não tivessem tomado um gol de Yerry Mina aos 47 do segundo tempo. Foi como teve que ser, e o time de 2018 da Inglaterra, marcado por jogadores jovens e muito focados, caminha para entrar para a história da Seleção Inglesa.

Não foi um jogo bonito. Ambas as equipes pareciam nervosas e até desesperadas para se livrar logo do peso pelo que deveria ser feito. Jogadores se estranhando, divididas fortes, jogo pegado, simulações e algumas chances de gols. A Inglaterra tentava, tinha uma boa eficiente troca de passes, mas acabava parando na defesa colombiana. O segundo tempo voltou ainda mais amarrado e truncado e permaneceu assim até os 9 minutos, quando Harry Kane, que tem pouca estrela, sofreu um pênalti e ganhou de bandeja a chance de disparar na artilharia da competição e assim fez. Kane abriu o placar e deixou a Inglaterra a um passo da classificação.


 

Trippier e Falcao Garcia simbolizando o clima da partida

(Foto: John Sibley / Reutres)

 

 

O emocional, porém, contou muito nessa hora e, mesmo na frente, o nervosismo dos ingleses era nítido. Pareciam, em cada passe e toque na bola, estar contando os minutos para o apito final. Os colombianos, precisando do empate, passaram a atacar com mais força, o que irritou os jogadores da Inglaterra e criou uma situação de conflito durante toda a metade final do segundo tempo. Foram 5 cartões amarelos para jogadores colombianos e 2 para os ingleses. A tática do English Team, então, foi fazer cera e enrolar ao máximo com a bola nos pés para evitar o empate. Não funcionou. Aos 47 minutos do segundo tempo, Yerry Mina empatou de cabeça para a Colômbia. Viriam as prorrogações.

O English Team sentiu muito o gol tomado no final do tempo normal e, aliado ao cansaço natural, acabou se apagando na prorrogação. A Colômbia atacava, atacava, atacava e a resposta inglesa era quase nula. Os ingleses, durante meia hora, viram de dentro de campo os colombianos jogarem. Felizmente, o resultado seguiu o mesmo e a partida foi para as penalidades máximas. Era a hora de testar o esquema de pênaltis elaborado por Southgate.

Foram cinco cobranças para cada lado. Kane acertou, Rashford acertou, mas Ospina pegou a cobrança de Henderson; Trippier e Dier acertaram. Pela Colômbia, Falcao Garcia, Muriel e Cuadrado acertaram, Uribe gentilmente mandou a bola no travessão e Pickford em uma belíssima defesa, pegou a cobrança de Bacca, classificando a Inglaterra para as quartas de final.

 

 

Pickford classificando a Inglaterra ao pegar o pênalti de Bacca

(Foto: Ryan Pierse/Getty Images)

 

 

A maior preocupação de Southgate durante todos os treinamentos para essa partida eram os pênaltis. Os jogadores treinaram muitas cobranças e passaram por estudos minuciosos por parte do treinador e sua equipe. Cada um que cobrou uma penalidade hoje, foi escolhido a dedo para que o resultado fosse o melhor possível. Deu certo.

A Inglaterra agora enfrenta a Suécia, às 11h da manhã de sábado, em Samara.

 

Que venham as quartas!

Por Victória Monteiro.