Quem apagou a luz?!

O primeiro pós jogo de derrota, nunca esquecemos! Seria cômico, se não fosse trágico! Quebramos o costume de vencer como visitante e o torcedor que acompanhou esse jogo, ficou atordoado ao apito final.

É, amigos! O Paraná Clube pediu: "chega de empates!". E foi atendido! Não da forma como imaginou! Nesta sexta-feira (22), nos fizeram crianças! Crianças, sim! Mal começou a partida e aos 5' nos mostraram o doce. Aos 10' do 2o tempo, nos deram esse doce e nos deixaram deliciar com o sabor maravilhoso de ganhar fora de casa!
Agora me pergunto: que arte será que aprontamos para ficarmos de castigo?!
Aos 32' recebemos uma bronca e o olho já arregalou! Aos 45' tiraram o doce da nossa boca e 1' depois já estávamos chorando! Sem doce, sem vencer e sem entender nada! Que apagão foi esse?
A falta do experiente Marcos? Mas Wendell fez boas defesas.
Foi a substituição do volante Jean? Talvez o Martelotte quisesse poupá-lo, pois retornou agora de lesão e era preciso evitar outro amarelo para o jogador, que aos 21' do 1o tempo fez falta dura em Niltinho e recebeu o cartão.
Tinha tudo para ser uma bela partida e encher de orgulho o torcedor paranista, principalmente aqueles que viajaram para acompanhar o time. Eles vibraram no estádio Heriberto Hülse! Robson seria o nome do jogo, com 2 gols cheios de categoria. Foi lindo de ver!
Mas o Criciúma não desistiu, investiu contra o Tricolor e em menos de 15' conseguiu o que parecia impossível: virar o jogo!
3 gols em 14', pra ser mais exata!
I N A C R E D I T Á V E L!
Mas é verdade! O apagão aconteceu! Falta de energia, no sentido real da expressão! Parecia que nossos jogadores haviam sido abdusidos e entregaram de bandeja a partida tão bem construída até então.

Após o 1o gol do Tigre, o aniversariante do dia, Nadson, foi substituído por Henrique. Ele não foi presenteado como deveria e nem nos presenteou como gostaria. Foi triste! Estarrecedor! Pode-se dizer que este foi o nosso "7x1".
Palmas para o adversário, que mesmo sem vencer as últimas 5 partidas, superou o visitante e fez a alegria de sua torcida. Talvez nem eles acreditassem que era possível! Mas foi!
E agora? 
Bom, agora podemos reclamar, brigar, xingar, lamentar e até chorar! Mas não podemos desistir, muito menos sair cancelando o plano de sócio, como alguns já manifestaram nas redes sociais. Não! Isso não!
Se fosse fácil, não seria o Paraná Clube. Se a derrota não fosse tão amarga, não provaríamos o doce sabor da vitória! E que ela venha em casa, contrariando todas as probabilidades e todo pessimismo que possa ter tomado conta do nosso coração tricolor.
Sábado é dia de lotar a Vila Capanema! Paraná x Ceará. Dia 30 tem que ser diferente e mudar nosso humor. Sem contar que o aniversariante mais paranista que conheço, Marcelo Forghieri Rosa, teria mais um motivo para comemorar no domingo (31). Não custa acreditar!

#vemPRavila
#vamosacreditar
#euteapoionãoimportaamaneira
#PResenteaoaniversariante


Por Carla Eloiza Aguiar.