QUEM APAGOU A LUZ ?!

Mais uma derrota, sem novidades, o Coritiba teve a chance de vencer e até de matar o jogo em várias oportunidades, mas, bobeou.

 

O Coxa jogou bem e abriu o placar logo no incio do primeiro tempo, Rafael Veiga marcou após um bom cruzamento de Carlinhos. O que não imaginávamos é, que alguns minutos depois sofreríamos o revés.

Cárdenas fez um cruzamento na área do Coritiba, Juninho “tentou” tirar a bola, mas acabou encobrindo o goleiro Wilson, gol contra. Daí em diante apagaram a luz e o Coritiba não enxergou mais nada, o time até tentou buscar o segundo gol, mas não acertava o pé, Kazim não estava numa noite boa, e quem acabou marcando o segundo foi o Vitória.

João Paulo ainda tirou uma bola, quando Wilson saiu do gol para dividir com Kieza,seria o terceiro gol, evitado por João Paulo. O time do Coritiba não conseguiu marcar, mas o Vitória estava esperto e nos minutos finais, Marinho chutou de longe e marcou o terceiro do Vitória, sem chances para o goleiro Coxa Branca.

Sem tempo de lamentar ? Será mesmo ? O que aconteceu ontem ? Perguntas que não querem calar, o torcedor Coxa Branca está pasmo, o time estava com a faca e o queijo na mão, uma bobeada nos prejudicou, perdemos mais um fora, mais três pontos, agora amargamos de vez a zona do rebaixamento, enquanto o Vitória, se distancia de nós. Azar? ou falta de comprometimento? Não sei, agora temos a Ponte Preta pela frente, em casa, que nos últimos jogos não tem contato como um fator muito grande, mesmo assim, a torcida deverá comparecer ao Couto para empurrar e quem sabe, sair com uma vitória, caso contrario, a torcida irá cobrar e muito…

Coritiba carrega mais uma derrota na bagagem” Foto: Coritiba Oficial.

 

Segundo o técnico Pachequinho, o time errou em recuar após o empate, mas, Pachequinho errou em não ter colocado um time ofensivo e pra frente, errou nas susbstituições e agora ? Agora é se espertar e arrumar o time, precisamos vencer, somar pontos, aquele sufoco de todos os anos que o torcedor já conhece muito bem, se não… Bom já sabemos o fim desta história.

“Jogando em casa é natural e normal que eles viriam para cima, e nós não poderíamos nos encolher. A proposta com posse de bola era agredir o adversário e sair para o jogo, justamente para trazê-los ao campo deles. Infelizmente o adversário foi mais feliz nas finalizações e conseguiu a vitória, principalmente no segundo gol, porque o primeiro (gol contra de Juninho) foi uma infelicidade e isso acaba atrapalhando um pouco. Mesmo com o empate tivemos posse e padrão de jogo, chegamos inteiros na frente, com oportunidades. No futebol vocês vão avaliar pelo resultado, que não era o que a gente esperava. O nosso comportamento foi muito bom” avaliou o treinador.

Com apenas uma vitória como visitante, o Coxa estaciona na zona de rebaixamento, em 17º com 18 pontos. A próxima rodada fecha o primeiro turno, contra a Ponte Preta no domingo (07) ás 16:00 (horário de Brasília).

A única coisa que importa para a próxima partida é VENCER!

Gols:

Raphael Veiga (Coritiba) - aos 2 minuto(s) do 2º Tempo

Juninho (Coritiba), Contra - aos 15 minuto(s) do 2º Tempo

Marinho (Vitória) - aos 42 minuto(s) do 2º Tempo

Kieza (Vitória) - aos 46 minuto(s) do 2º Tempo

 

HONREM NOSSA CAMISA! HOREM O CORITIBA!


por Patrícia Moro