Quem não faz, toma!

Depois de tantos gols perdidos, zaga da Macaca falha, e entrega o jogo aos 44’ do segundo tempo.

 

C:\Users\Denise\Documents\Blog\untitled.png

Fonte: globoesporte.com

A Ponte Preta enfrentou o Flamengo na noite da última quarta-feira (7), em Cariacica (ES), partida válida pela 23ª rodada do Brasileirão e perdeu o jogo por 2x1.

Mostrando poder de reação, após tomar o gol aos 13’ do primeiro tempo, a Macaca tinha tudo para surpreender mais uma vez. Se organizou em campo, acordou para a partida e passou a dar trabalho ao adversário.

Teve a primeira chance de empatar aos 25’ quando na cobrança de falta, Reinaldo levantou a bola na área e Thiago Galhardo conclui para fora. Aos 31’, outra chance, com o passe perfeito de Thiago Galhardo para Rhayner, que também finalizou mal. Depois foi a vez de Roger, aos 35’ chutou para o gol, mas Muralha defendeu.

O segundo tempo começou bem disputado, mas sem grandes emoções, até Eduardo Baptista mudar o time. Trocou Roger por Willian Pottker.

Aos 22’, o goleiro Aranha repôs a bola com precisão para Pottker, que igualou o placar. A Macaca então se deu por satisfeita com o empate e recuou, o Flamengo aproveitou e começou a pressionar.  Aranha defendeu a falta batida por Diego e logo depois Fabio Ferreira salvou o chute dado por Mancuello.

A Ponte ia segurando o empate, mas a contusão de Galhardo aos 34’ pesou para time. O técnico pontepretano que já havia realizado suas três substituições, manteve Galhardo em campo na base do sacrifício.

O Flamengo aumentou a pressão nos minutos finais e a Macaca não resistiu. Aranha fez boa defesa na bicicleta de Diego, mas a bola sobrou e Fernandinho concluiu aos 44’. Sem tempo para mais nada, a Ponte amargou a derrota, depois de tanto incomodar o adversário.   

O próximo compromisso da Macaca é contra o América de MG, no Moisés Lucarelli, domingo (11) as 18h30.

 

Ficha Técnica:

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Douglas Grolli, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor (Felipe Azevedo), Wendel. Thiago Galhardo e Clayson; Rhayner (Abuda) e Roger (Willian Pottker). Técnico: Eduardo Baptista

 

Flamengo: Alex, Pará, Rafael Vaz, Réver e Jorge. Willian Arão, Márcio Araújo (Manecuello), Gabriel (Marcelo Cirino) e Diego, Leandro Damião e Everton. Técnico: Zé Ricardo

Data: 07-09-2016, Quarta-feira – 21h45

Local: Estádio Kleber Andrade – Cariacica (ES)

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento

Auxiliares: Esdras Mariano de Limas e Pedro Jorge Santos de Araújo.

Cartões Amarelos: Ponte Preta - Clayson, Abuda, Thiago Galhardo e Reinaldo; Flamengo – Leandro Damião.

Gols: Gabriel, aos 13’ do 1º tempo; Willian Pottker aos 22’ e Fernandinho, aos 44’ do 2] tempo.


Por Anna Leticia Beck