QUERIDO KOBE… OBRIGADA!

Foto: Reprodução Internet

Querido Kobe,

Pensei que escrever sobre você iria ser mais fácil. Me peguei aqui tentando lembrar de todos os momentos memoráveis de sua carreira, todos os lances e todas as vezes em que você fez milhares de pessoas vibrarem ao redor do mundo.

Pode parecer exagero para quem não vive isso, para quem não te acompanhou ou para quem até hoje não tem alguma ligação com o esporte. E ainda assim, todas essas pessoas ouviram o seu nome, todas essas pessoas sabem que você foi um gigante dentro e fora das quadras.

Foto: Harry How

Eu nunca tive a oportunidade de estar presente em nossa casa para ver você jogar, mas eu estava aqui, mesmo de longe, em cada partida, em cada segundo possível, acompanhando o esporte que você me fez amar, vibrando pelo time que você defendeu durante toda a sua carreira e que hoje é uma das coisas mais preciosas que tenho na vida.

Querido Kobe, eu queria que de alguma maneira você soubesse de tudo isso. E no fundo, acredito que você sabia. Você sempre soube.

Todos tentaram te comparar a Jordan, era impossível não fazer a ligação. No fim das contas, você não foi um novo Jordan, você foi o primeiro e único Kobe Bryant. A tua passagem por esse mundo foi tão marcante, foi tão importante. Você mudou a vida de muitas pessoas, lutou por causas que ninguém mais sequer se preocupou.

É difícil acreditar. É difícil entender como podemos nos sentir tão tristes e com uma dor tão grande por alguém que nunca tivemos a oportunidade de conhecer pessoalmente. E ainda assim a sua partida é sentida. Não é possível falar sobre o esporte sem falar sobre você. Não é possível falar sobre o basquete sem citar o seu nome. Los Angeles nunca será Los Angeles sem que alguém lembre de você.

Kobe, eu espero que você tenha tido plena noção do incrível trabalho que fez com a Gigi e com todas as meninas. O legado que você deixou vai muito além de quem você foi como jogador. Todo o esforço, toda a dedicação, cada minuto investido na educação e crescimento de todas aquelas crianças e a forma como criou tantas oportunidades. A Mamba Mentality jamais será esquecida.

Foto: Reprodução Instagram

Quando você era questionado sobre ter um filho homem, Gigi sempre dizia que ela estava pronta pra continuar o seu legado. Chegou a hora de mostrar o 1x1 mais incrível da história. O Black Mamba e a Mambacita, juntos, mais uma vez. Gigi sempre seguiu seus passos, e dessa vez, a vida quis que vocês continuassem a caminhar em um outro plano.

Sua passagem foi inesperada, não é fácil dar adeus dessa forma. O seu legado jamais se apagará. Obrigada por cada segundo, por cada dia dedicado às quadras. Obrigada por cada lance, cada jogada, cada enterrada e, não posso esquecer, cada vitória em cima do Celtics. Obrigada por ter sido tanto, por ter feito tanto e por nos deixar com tanto.

“Heróis vem e vão, mas as lendas são eternas!”

Descanse em paz, Black Mamba!

 

Por Gabrielle Bizinelli