QUERO MEU VASCO DE VOLTA

Quando a fase é ruim nem a freguesia funciona!!

 

Lembro de alguns momentos que o Vasco estava em má fase, perdendo jogos e a torcida logo brincava para marcar um jogo contra o Fluminense para vencermos, era assim até hoje. O tricolor nos últimos dez jogos não havia vencido nenhum, foram sete vitórias do cruzmaltino e três empates. Disputamos três clássicos esse ano e perdemos todos.

 

(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco da Gama)

 

Vasco entrou em campo neste domingo (15) para enfrentar o Fluminense, partida válida pela terceira rodada da Taça Rio, saímos derrotados pelo placar de 2 a 0. Jogamos para um Maracanã vazio, já que a recomendação eram portões fechados, com esse resultado Vasco continua com 2 pontos e está praticamente eliminado.

 

SOBRE O JOGO

 

Abel decidiu poupar seus quatro jogadores de defesa visando o jogo do meio de semana pela Copa do Brasil, mas com as competições nacionais paralisadas pela CBF, não serviu de nada sua preocupação. Guarín e Cano também ficaram de fora. Vasco entrou bem no jogo, mesmo sem muita criatividade, conseguiu fazer algumas jogadas, mas quando a fase é ruim a bola não entra, nada dá certo. Finalizamos quatro vezes e “quem não faz, leva”, aos 28’ Nenê fez um ótimo passe, achou Evanilson enfiado entre os zagueiros, o atacante dominou e tocou de cobertura, marcando um golaço.

Na segunda etapa, Marrony saiu para entrada de Pikachu, o atacante sofreu uma lesão no primeiro tempo e não conseguiu continuar. Os dois times voltaram mal, foi mais disputa do que futebol. O Fluminense estava recuado, porém o Vasco não conseguiu aproveitar, o time estava nitidamente nervoso e perdido em campo. Tricolor pouco fazia, aos 42’ Fernando Pacheco aproveitou rebote e ampliou. Assim terminou mais um jogo ruim do Vasco.

 

PÓS JOGO

 

No jogo de hoje não aconteceria coletiva, ao final o repórter tentou entrevistar Abel, que preferiu não falar. Amanhã terá uma reunião na FERJ para a decisão sobre a continuidade do Carioca. Por enquanto não sabemos qual será o próximo jogo, minha sanidade mental agradece.

Vivemos em um momento que não existem palavras para descrever, sei que todos vascaínos estão bem chateados, eu como torcedora não tinha presenciado um carioca tão ruim disputado pelo Vasco. Em quatorze jogos marcamos só oito gols, é uma situação preocupante. Não sei o que a diretoria está esperando para tomar uma atitude. Vai resolver demitir Abel? Não sei, mas não custa nada tentar.

 

Por Aniele Lacerda, colunista e torcedora do Vasco

 

*O BlogMec esclarece que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Blog.