RIVAIS?!

Após empatar com o América Mineiro fora de casa o Operário Ferroviário Esporte Clube irá receber no Germano Kruger a equipe do Cuiabá, o jogo será às 16 horas deste sábado (7), e vale vaga no G4 para os 2 times.

O fantasma está em nono lugar com 29 pontos e o rival deste sábado está em sexto colocado com apenas 2 pontinhos a mais. No topo da tabela temos o time do Bragantino - Redbull realmente te dá asas - com 41 pontos, seguido pelo Rodrigão, quero dizer Coritiba, Atlético Goianiense e Paraná (que está com 1 jogo a mais) fechando o G4 com 32 pontos.

Podemos contar com um jogo bonito, foram tantas partidas no último ano e decisões que acabou que Operário e Cuiabá conquistaram o status de rival. Rivalidade esta que foi bem mostrada no último encontro com uma vitória do Dourado por 2x1 na segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

O Operário, como já falei no início do texto, vem de um empate na última partida e está há 4 rodadas sem perder, sendo que a última derrota foi para o Bragantino fora de casa. Por ironia, o Cuiabá também está há 4 jogos sem perder, tendo perdido por último para o América Mineiro em Belo Horizonte.

PARA ESTE SÁBADO

A provável escalação de Gersinho deve contar com Rodrigo Viana, Mailton, Alisson, Rodrigo, Jardel, Allan Peixoto, Felipe Augusto, Índio, Lucas Batatinha, Marcelo e Cleyton fechando o elenco titular.

Já o provável time de Itamar vai contar com Victor Souza, Toty, Leandro Souza, Anderson Conceição, Paulinho, Escobar, Djavan, Alê, Rodolfo, Júnior Todinho e Gilmar.

Vale lembrar que Itamar, treinador do Cuiabá, é ex treinador do Operário tendo comandado a equipe no título do Campeonato Paranaense de 2015, ano em que Gersinho era seu auxiliar.

(Foto: Arquivo Pessoal)

SEMANA

Trago várias coisas para vocês neste texto. Durante a última semana o fantasma contratou, dispensou e fez projetos.

Começando com as contratações, na tarde de quarta-feira tivemos a apresentação de Cássio Ortega, o atacante tem 28 anos é destro e veio da Tombense de Minas Gerais. Tivemos a chegada também do volante Gelson do Volta Redonda, mas este ainda não foi apresentado oficialmente, pois ainda está passando por exames.

 

(Imagem: Ze Tramontin)

A dispensa a que me referi é Dione Ribas, o meia de 26 anos teve uma rescisão de contrato após defender brilhantemente a camisa do fantasma por 3 anos marcando em diversas decisões importantes. Deixo aqui os meus sinceros agradecimentos e o desejo de toda a sorte para o atleta.

Os projetos da semana contaram com o marketing digital em campanhas de luta contra racismo, homofobia e machismo, tendo até uma palestra para atletas da base sobre agressão contra a mulher. Em um dos textos podemos ver o total posicionamento do Operário contra tais atitudes machistas:

"O Operário, uma das maiores paixões de muitas mulheres, não se cala diante de um assunto tão importante. Por isso, exigimos o respeito às mulheres e nos comprometemos a ajudar a combater o machismo, a violência contra a mulher, a desigualdade de gênero e a cultura de masculinidade tóxica."

(Foto: Instagram Operário)

AGRADECIMENTO

Como falar do Cuiabá sem agradecer a uma grande amiga que me trouxe até aqui? Taisa com toda certeza é a torcedora mais apaixonada do Dourado e mesmo com toda esta rivalidade cultivamos uma bela amizade. Quero deixar meu obrigada por tudo que fez por mim, pela ajuda e pelo crescimento que me proporcionou me trazendo até o Mulheres em Campo.

 

Não são 90 minutos! É uma vida inteira!

 

Por Maria Luiza Rios