Saí na frente, joga bem; mas perde inúmeras chances de gols e acaba voltando para casa com o gosto amargo do empate.

 

O Atlético enfrentou o Botafogo às 19h00 deste domingo, o time alvinegro saiu na frente, tudo caminhava para a conquista dos três pontos, teve chances de ampliar o placar com Yago, Rafael moura de pênalti, Cazares, Robinho e Fred. Mas o time mineiro viu os donos da casa conquistar o empate, com gol de pênalti de Roger, Victor pegou, mas no rebote o jogador do Botafogo igualou o placar, é o famoso ditado “quem não faz, toma”.

 

O jogo:  

 

Com a zaga jovem, composta por Bremer e Matheus Mancini o Botafogo teve poucas chances para levar perigo ao Atlético, a zaga se mantinha como um muro, bastante seguro.

 

Marlone que foi titular nesta noite, teve chance aos 9min mas parou em Jefferson; Elias também tentou mas o goleiro adversário não deixou a bola passar novamente. Aos 22min, Marlone bateu firme, viu a bola desviar em Emerson Silva que matou o Jefferson; abrindo assim o placar pro Atlético, 1x0. O Botafogo chegou aos 29min de cabeça, mas a zaga atleticana tirou; aos 43 Pimpão também chegou, mas Victor defendeu.

 

Fonte: Créditos na Imagem

 

Logo no início da etapa complementar, o time mineiro teve chance de ampliar, após o Emerson Silva dentro da área bater a mão na bola, o juiz assinalou pênalti e Rafael Moura foi converter, o jogador não cobrou tão bem e Jefferson defendeu. Logo em seguida Yago recebeu duas bolas na área, na primeira ele cruzou e a defesa tirou, na segunda Jefferson mais uma vez apareceu. Cazares ainda teve chances, após entrar na área e driblar, poderia ter tocado para Fred que estava sozinho, mas foi um pouco “fominha” e perdeu a chance; exatos 3min depois, Robinho perdeu um gol inacreditável cara a cara com o goleiro adversário que estava numa noite inspirada. Infelizmente, no futebol tem o famoso ditado de quem não faz gol, acaba tomando e foi isso que aconteceu. Aos 47min, Matheus Mancini fez pênalti em Marcos Vinicius e o juiz assinalou; Roger para bola e quando bateu Victor defendeu, mas no rebote o jogador da equipe da estrela solitária não perdeu a oportunidade e deixou tudo igual; 1x1.

 

Com o empate o Galo fica fora do G-6 e está na oitava posição com 17 pontos, trás consigo na mala a frustração de ter deixado 2 pontos irem embora pelo ralo.

O próximo adversário do Atlético será o Santos, no Independência. Ainda neste mês, terá outro encontro do Botafogo, dessa vez pelo jogo de volta da Copa do Brasil no Rio de Janeiro.

 

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 1. ATLÉTICO

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro.

Hora:  Às 19h (Brasília)

Motivo: 12° rodada do Campeonato Brasileiro.

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio, Bruno Raphael Pirese Leone Carvalho.

Cartões amarelos: Rafael Carioca, Matheus Mancini (ATL); Joel Carli (BOT).

Gols: Marlone, 22min 1ºT; Roger, 48min 2ºT.

 

Botafogo:Víctor Luís; Rodrigo Lindoso (Marcos Vinícius), Bruno Silva, Matheus Fernandes (Camilo) e João Paulo; Roger e Rodrigo Pimpão (Guilherme).- Técnico: Jair Ventura.


 

ATLÉTICO:  Victor; Marcos Rocha, Bremer, Matheus Mancini e Fábio Santos; Rafael Carioca, Yago (Adilson), Elias e Marlone (Cazares); Robinho e Rafael Moura (Fred). - Técnico: Roger Machado.

 

Por Eduarda Moreira.