SALVE JORGE

 

Foto: Coritiba Oficial.

 

Jorge de Amorim Campos, 30 anos, lateral direito da Seleção Brasileira, Tetracampeão Mundial em 1994.

Jorge de Amorim Campos, 55 anos, técnico do Coritiba, em 2019.

 

17 de Julho de 1994. Lá estava eu, com sete anos de idade, na sala ao lado de meu pai, querendo ver meus desenhos na única televisão colorida que tínhamos. Meu pai tentava me  explicar que eu não poderia ver meus desenhos naquele momento: era a final da Copa do Mundo de Futebol, e o Brasil estava disputando, em busca do Tetracampeonato. Eu fiquei meio emburrada, não entendia “bulhufas” do que aquilo significava. Mas como sempre respeitava meu pai, fiquei quietinha e resolvi assistir aquela tal de final. Pensava: que coisa mais sem graça, um monte de homem correndo atrás de uma bola. Até que chegou a hora dos pênaltis, que definiria o campeão. Meu pai me explicava: “olha filha, tem que torcer para os homens de amarelo marcarem o gol, e os de azul errarem”. Fiz o que ele me pediu, e comemorava cada vez que os Amarelos marcavam seus gols. De repente, um dos caras de azul (um tal de Baggio), mandou a bola lááá pra longe. Todo mundo começou a correr, pular, gritar, inclusive meu pai. Ali eu comecei a entender a tal emoção que o futebol proporcionava. Ali nascia uma paixão, a qual sustento até os dias de hoje, e certeza que levarei para o resto de meus dias na terra.

 

 

A equipe Tetracampeã de 1994, entre eles Jorginho (camisa 2). Foto: FIFA.

 

Em campo, naquele 17 de Julho, estavam os craques da Seleção Brasileira que se consagraram Tetracampeões. Um deles era Jorginho. O lateral que eu assisti jogar naquele dia, agora estará no banco de reservas do time que escolhi a amar (e sofrer), assim como meu pai. Já que ele me ensinou a gostar do tal futebol, nada mais justo do que eu seguir os passos dele e acompanhar o Verdão dele, o qual  sempre foi apaixonado e fiel. Mesmo sendo difícil, perguntem se eu me arrependo da escolha que eu fiz?

Jorginho chega ao Coxa com uma única missão: levar o time à série A em 2020. Time que atualmente caiu muito de rendimento: não conquistou um ponto sequer neste segundo turno. Foram 04 derrotas seguidas, que custaram a perda de posições, da segunda para a nona. Uma vitória voltará a colocar o Coxa na briga. Já uma derrota, ou até mesmo um empate, pode dificultar o caminho, visto que muitas equipes estão na briga, ponto a ponto, jogo a jogo. A missão do nosso tetracampeão não será fácil, mas se tratando de Coritiba, quando foi?

Para esta partida, Jorginho não terá o elenco completo para trabalhar: o meia Thiago Lopes e o atacante Rafinha cumprirão suspensão automática, pois foram expulsos na última partida contra o CRB. Em compensação, o estreante treinador terá retornos importantes, como o meia Juan Alano e o volante Luizinho, que cumpriram suspensão na mesma partida.

Mas Jorginho não será o único estreante da tarde de sábado: o atacante Kelvin e o volante Serginho já estão registrados no BID, e poderão ir à campo. Mas saberemos apenas momentos antes da partida se irão jogar, afinal o treino desta sexta-feira (27), véspera da partida, foram de portões fechados à imprensa. Se teve mistério, possivelmente terão novidades dentro das quatro linhas do Major.

O adversário da vez é o América MG, que vem imbatível nesta “Bezona”. A equipe mineira vem de 12 partidas sem derrota, sendo três vitórias seguidas, e está atualmente na 8ª posição, com 35 pontos, um à frente do Coxa. De brigar para não cair, passou a ser um dos concorrentes a uma das 4 vagas ao acesso. Mais do que nunca, esta partida será crucial para o andamento do Verdão na competição: Uma vitória colocará o time novamente na briga, além de ter a vantagem de um jogo a menos (a partida contra o Cuiabá, que seria na terça-feira, 24, foi adiada por conta da troca de gramado na Arena Pantanal). 

 

PROMOÇÃO:

 

A diretoria alviverde anunciou durante a semana, que a promoção Sócio + 1 está de volta. Para este jogo, sócios poderão levar um acompanhante gratuitamente. Já para quem precisa comprar ingressos, também terá 50% de desconto ao adquirir o segundo. 

Jogo ao sábado, previsão de tempo sem chuvas, horário bom, promoções rolando, time precisando de apoio nas arquibancadas… qual sua desculpa, torcedor? TODOS OS CAMINHOS LEVAM AO ALTO DA GLÓRIA!

 

 

Foto: Coritiba Oficial

 

VAMOS, NÃO PARE DE LUTAR VERDÃO! SÉRIE A É OBRIGAÇÃO.

 

PROVÁVEL ESCALAÇÃO: Alex Muralha, Diogo Matheus, Sabino, Rafael Lima e Patrick Brey (Willian Matheus); Matheus Sales, Juan Alano e Giovanni; Kelvin (Welissol), Robson e RodriGOL.

 

DADOS DA PARTIDA:

 

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE B

25ª RODADA

CORITIBA X AMÉRICA MG

DATA: 28/09/2019

HORÁRIO: 16h30

LOCAL: Estádio Couto Pereira.

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ); Michael Correa e Andrea Izaura Mafra (assistentes – RJ).

 

Por Viviane Mendes.