São resultados positivos que se fala?

 

 

Os resultados positivos no time rubro-negro começam a aparecer em apenas quatro rodadas no Brasileirão. O Sport é um dos times que mais finaliza no campeonato (atualmente com 30 finalizações) e foram 88 roubadas de bola, números representados como equilíbrio na equipe atualmente comandada pelo técnico Claudinei Oliveira.

 

 

Williams Aguiar/Sport Club do Recife

 

 

Sobre as finalizações de bola, de acordo com o footstats, o SPORT está à frente do Atlético-MG (27) e do Flamengo (24). Dentre os jogadores que mais chutaram certo ao gol, temos o Marlone (8 vezes) e o Fellipe Bastos (6 vezes), que estão só apenas atrás de Otero (9 vezes). Já em desarmes o time encontra-se na frente do São Paulo (79 roubadas) e o Flamengo (75), possui também o terceiro jogador com maior desarme no campeonato: nosso capitão Anselmo com 16 desarmes, atrás apenas de Luan (18) e Gustavo Blanco (17), ambos do time do Atletico-MG.

 

 

Williams Aguiar/Sport Club do Recife

 

“É um número importante para nós, mostra a nossa força. Espero que a gente continue nessa pegada. Até porque essas roubadas de bola também fazem com que a gente efetue bons contra-ataques”, disse Anselmo. “Fico feliz de estar liderando isso nessa equipe. Tenho essa característica, e espero continuar assim para ajudar meus companheiros e a equipe do Sport a conquistar coisas boas”, emendou o capitão do time leonino.

 

 

O atacante Rogério está na expectativa de completar uma marca de 100 jogos pelo Leão. No time rubro-negro desde junho de 2016, o mesmo atua como falso 9 em um posicionamento mais adiantado. O atleta tem dado conta do recado nesse início de Brasileirão e ainda faz questão de dizer que não escolhe posição, que o importante é estar na equipe para ajudar o Sport:

 

 

“Acho que a gente tem que estar pronto para fazer o que o professor pedir. Independente de função, eu estou à disposição do professor para ajudar a equipe quando ele precisar”, falou.

 

 

Williams Aguiar/Sport Club do Recife

 

 

Oriundo da base do time, Mailson arrancou elogios do técnico Claudinei Oliveira e também do atual camisa 01 Magrão. O goleiro teve a missão de substituir o ídolo rubro-negro, após a falha de Agenor no início do Brasileirão (retirado do time na época por Nelsinho Baptista). Prestes a voltar ao banco por conta da recuperação de Magrão, o desempenho do garoto da base credenciou mais junto a torcida e minimizou a necessidade da procura de um novo goleiro para o time rubro-negro.

 

 

Marlon Costa/ Pernambuco Press

 

 

“Conversei com Mailson, disse que está todo mundo satisfeito com o rendimento. Quando Magrão se machucou, a conversa era de que precisava contratar um goleiro para amanhã. Hoje, já não tem pressa. Maílson fez três jogos muito bons e difíceis. Já mostrou do que é capaz. Deus queira que Magrão engate uma sequência, mas pode ter problemas de cartão. E hoje o torcedor sabe que tem um goleiro que pode confiar. Ele aproveitou esse momento” avaliou Claudinei Oliveira.

 

 

O técnico Claudinei Oliveira repetiu a escalação do último treino nesta sexta-feira para enfrentar o Cruzeiro no Mineirão no próximo domingo. Até o momento temos apenas duas alterações: O retorno do goleiro Magrão ao gol e a entrada do volante Fabricio na lateral. Em relação a Claudio Winck, o treinador aguarda uma posição do DM sobre sua situação, onde o mesmo viajou com a delegação e faz testes no treino este sábado em Belo Horizonte.

 

 

- Escalação é o time que vocês viram treinando. Winck viaja, faz teste amanhã. Hoje, fez trabalho controlado, estava previsto que hoje fizesse parte do coletivo, mas conversamos com o DM. Ele está treinando, não está parado. Prefiro dar mais 24h para ele treinar. Winck podendo jogar, a única alteração vai ser o Magrão no lugar do Mailson.

 

 

 

Possível SPORT:  Magrão; Fabrício, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo, Neto Moura e Fellipe Bastos; Marlone, Gabriel e Rogério.

 

 

 

Site CBF

 

 

 

Por Nathalia Susana