SÃO WILSON!

 

1G5A0968.JPG

Foto: Coritiba Oficial


 

ALELUUIA! Após oito rodadas no Campeonato Brasileiro da série B (sendo quatro partidas fora de casa), o Coritiba enfim conseguiu trazer um resultado positivo para casa. Nesta terça-feira (11), o Coxa foi até Campinas enfrentar o Guarani, e venceu a partida por 0x1.

 

O JOGO:

Pressão: esse era o cenário da partida entre Guarani x Coritiba. As duas equipes estavam pressionadas por suas torcidas, e os treinadores pressionados por suas respectivas diretorias. O Coxa vinha de uma derrota em pleno Couto Pereira lotado para o rival Paraná (no último sábado, 08), e o Bugre vinha de uma sequência ruim de resultados e uma incômoda penúltima colocação. Porém, mesmo com vários desfalques e alguns jogadores sem ritmo de jogo, era o Coritiba quem mais tentava o gol. Mas apenas aos 22 minutos da partida, houve o primeiro lance efetivo (e polêmico) do Verdão: Wilson foi atendido após uma entrada do jogador do Guarani, e o árbitro deu bola ao chão (lance de fair-play). A bola, pela regra, deveria pertencer ao Guarani, mas quem lançou foi o lateral Sávio do Coxa, que achou Rodrigão pela direita, e como ele não desperdiça, mandou a bola para o fundo das redes do goleiro Giovanni. O árbitro chegou a dar o gol, porém, após muita reclamação dos jogadores e comissão técnica do Guarani, o gol foi anulado.

Após a confusão, o Guarani entendeu que estava jogando em casa e precisava da vitória, e resolveu ir para cima, mas sem muita eficiência. Armero e Davó chegaram a tentar algumas vezes contra a meta do goleiro Wilson, mas o jogo permaneceu 0x0 até o intervalo.

No início do segundo tempo, o técnico Umberto Louzer substituiu o atacante Lucas Tocantins por Nathan. O Coxa continuava tentando, e aos 09 minutos, Rodrigão cabeceou e a bola bateu na mão do zagueiro do Guarani na pequena área. Seria pênalti para o Verdão, mas o atrapalhado juiz deixou seguir.

O time alviverde começou a ficar sem objetividade, e Louzer fez as suas duas últimas substituições: colocou Thiago Lopes (recuperado de lesão) no lugar de Vitor Carvalho, e Igor Paixão no lugar de Juan Alano. As alterações deram resultado e o Coxa voltou a atacar, e logo aos 40 minutos, Paixão chutou em direção do gol, para defesa do goleiro do Bugre. Já nos acréscimos, Nathan invade a área e é derrubado por Bruno Lima: dessa vez, o árbitro marcou o pênalti para o Coxa. Wilson foi para a cobrança (já que Rodrigão, que era o batedor da equipe, errou as duas últimas cobranças), e marcou o gol da vitória do Coxa.

Agora, o Coritiba terá “folga” de pelo menos um mês. O campeonato da série B dá uma pausa para a Copa América. Momento bom para que jogadores importantes se recuperem de lesão (como Rafinha, Giovanni e Diogo Matheus), e para que o técnico Louzer tenha tempo para treinar e acertar a equipe. O treinador agradeceu por ter conseguido mais uma chance para permanecer no elenco: “No domingo (09), a gente teve uma reunião. Desde já agradecer a confiança do nosso trabalho pelo presidente e pelo G5. Todos eles mostrando que confiam no trabalho. Os resultados não estavam encaixando, mas hoje a gente quebra uma marca de vencer fora, algo que nos incomodava”, disse, em entrevista coletiva após a partida.

 

1G5A0844.JPG

O técnico Umberto Louzer, com a vitória, conseguiu se manter no comando da equipe alviverde, e projeta recuperação para o retorno da série B. Foto: Coritiba Oficial.


 

ALAN COSTA:

Como foi divulgado pelo clube, o zagueiro Alan Costa (até então titular da equipe) não havia viajado para Campinas por opção da comissão técnica. Porém o técnico Louzer, ao ser questionado sobre o jogador, informou que foi por opção do Alan não jogar: “Foi opção dele. Não quero expor nada até agora porque vamos resolver isso internamente”. O que “rola” nos bastidores do Alto da Glória, foi que o zagueiro ficou chateado por ser cobrado pela derrota para o Paraná Clube e se recusou a viajar com a equipe. Mais um problema para o diretor Pastana e o presidente Samir resolverem nessas mini-férias.

O Coxa volta a campo apenas no dia 13 de julho, contra o Criciúma no estádio Heriberto Hülse, pela 09ª rodada do Campeonato. O horário da partida ainda não foi homologado pela CBF.

 

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA:

GUARANI 0 X 1 CORITIBA

Local: Estádio Brinco de Ouro.

Cidade: Campinas – SP.

Horário: 21h30

Árbitro: Léo Simão Holanda.

Guarani: Giovanni, Lenon, Ferreira, Brunno Lima, Deivid, Armero, Ricardinho, Igor Henrique (Diego), Davó, Éder Luís (Felipe Amorim) e Mateusinho.

Técnico: Vinícius Eutrópio.


Coritiba: Wilson, Sávio, Walisson Maia, Sabino e Fabiano; Juan Alano (Igor Paixão), Matheus Sales, Vitor Carvalho (Thiago Lopes), Luiz Henrique, Lucas Tocantins (Nathan) e Rodrigão.


Técnico: Umberto Louzer.

 

GOLS: Wilson (Coritiba).

 

Cartões amarelos: Ricardinho, Ferreira e Bruno Lima (Guarani); Vitor Carvalho e Walisson Maia (Coritiba).

 

Por Viviane Mendes.