Saudade, já não sei se a palavra certa para usar...

O Maior Palco Do Futebol Nacional Pede Passagem! Maracanã #oMaracaNosso!

 

Fonte: Só cursos.net

  

  Sim! A maior torcida do mundo faz a diferença! Um dos mosaicos que mais gosto, que mais me emociona. Não sei se a emoção é pelos títulos ou pelas histórias que esse estádio nos proporciona a cada espetáculo, a cada jogo. Em todo lugar tem pelo menos um flamenguista com boas lembranças, com encontros que ficaram marcados, seja num sorriso, na lágrima que escorre no rosto de emoção, euforia, de frustrações que acontecem, mas nem se equiparam a felicidade vivida no Maracanã, do abraço no amigo ou aos prantos com um completo desconhecido. Louco não ? Muito pra quem olha de fora, mas pra quem vive por momentos como esse não é.

  Na alegria e na tristeza, nas vitórias e nas derrotas, nas glórias e no pior momento, vou estar contigo até o final!

  

 

Foto: extra.globo.com/esporte/flamengo/torcida

 

O Maraca é nosso vai começar a festa!

 

 Nunca pensei que sentiria tanta falta de um estádio como sinto do Maraca! Para alguns é só um uma estrutura grandiosa que comporta milhares torcedores em uma partida de futebol... Para os rubros-negros é o nosso lar, nosso quintal, nosso refúgio do mundo, nosso ponto de encontro. E não adianta quando o Maracanã se veste de PRETO & VERMELHO é festa na certa, são mosaicos e músicas cantadas por milhares de vozes que vivem e respiram FLAMENGO!

  Não é mimimi dizer que somos sim prejudicados pelo fator casa, são viagens, campos desconhecidos, arenas que nunca jogamos e mais uma vez cito o desgaste físico das viagens, a falta de planejamento das gestões passadas que foram omissas nesse sentido. Um clube como o Flamengo não poderia ficar sem estádio.

  O centro de treinamento melhorou muitos com a nova gestão, programa de sócio torcedor cada vez mais atrativo, salários em dia e o respeito aos atletas do clube fazem com que os torcedores acreditem que logo, logo teremos a solução de antigo problema. Tudo bem que até em aeroporto fazemos a festa, mas merecemos um palco para nosso espetáculo!

  E não é só a nação rubro-negra que reconhece o Maracanã como maior palco do futebol brasileiro, é muito comum encontrarmos, paulista, mineiros, gaúchos que sempre tiveram o sonho de estar no Maraca e de preferência em um jogo do Mengão, para que assim possam afirmar que sim, o Rubro-Negro joga com 12 em campo que não há torcida que se equipare a nossa! QUE TORCIDA É ESSA?

 

 

fonte:centraldopitaco.blogspot.com.br

 

Domingo, eu vou ao Maracanã, vou torcer pro time que sou fã!

 

  Tem como ler sem cantar ? Com certeza não! Música que marcou a estádio de vez, e os ''geraldinos'' também, como eram conhecidos os torcedores mais ilustres que ocupavam o setor da geral, setor mais popular do estádio e que circulavam as mais diversas figuras das arquibancadas, uma mistura de carnaval de festa e principalmente de paz, itens que se perderam nas arenas pelo Brasil, mas que tinha de sobra na Geral.  A rubro-negra Maria Boreth de Souza é a Zica, o vascaíno Carlos Henrique do Nascimento é conhecido como Caíque, dona Maria de Lourdes da Silva é a Vovó Tricolor e o botafoguense atende pelo nome Aristides Telles, é conhecido por sua cartola e seu bigode alvinegro.  

 

Fonte: centraldopitaco.blogspot.com.br

 

Só o Maracanã para nos proporcionar momentos tão marcantes e histórias que nem o tempo pode apagar, e que serão passadas como herança, de geração em geração...

 

E o nome dele são vocês que vão dizer

 

(Ô , ô , ô )

Ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô MENGO!

 

Por : Ingrid Souza