Saudade? Já passou!

Nesta quarta-feira (10), o Internacional enfrentou o Palmeiras pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Em um jogo de pouca ofensividade colorada, os gaúchos voltam para a casa na desvantagem.

O Inter foi a campo com: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson e Nonato (D’Alessandro); Nico López (Rafael Sobis), Patrick e Paolo Guerrero (Guilherme Parede). O principal destaque foi a presença de Guerrero, que era dúvida até minutos antes do jogo.

 

(Foto: Ricardo Duarte)

 

A partida começou truncada, com as duas equipes marcando forte e deixando pouco espaço no ataque. Sem muita produção ofensiva, abriu o placar quem foi mais efetivo. Aos 21 minutos, em jogada aérea, Zé Rafael subiu mais alto e marcou para os donos da casa. Palmeiras 1x0 Inter.

Os colorados quase empataram no minuto seguinte. Nico López chutou de fora da área, mas Weverton defendeu. 

O jogo seguiu sem nenhuma das equipes se arriscar no ataque. O Palmeiras deu a bola para o Inter e se fechou. Os colorados não tiveram força ofensiva para furar o bloqueio palmeirense. O primeiro tempo terminou com a vantagem dos mandantes.

Na segunda etapa, Odair Hellmann optou por D'Alessandro no lugar de Nonato, para melhorar a produção no ataque. Mas quem chegou com perigo foi o Palmeiras, que esteve bem perto de ampliar o placar.

Com o passar do tempo, Felipão recuou ainda mais o time da casa. Como resposta, Odair mandou os laterais colorados para o ataque. 

O Inter pressionou nos minutos finais, mas não conseguiu chegar ao empate. Palmeiras 1x0 Inter. 

A estratégia do treinador colorado em dar imposição física ao meio campo não funcionou. Assim como no jogo entre Inter e Palmeiras, pelo Brasileirão, o alviverde abriu o placar e recuou. E da mesma forma como foi no confronto anterior, os colorados não conseguiram se desprender da forte marcação palmeirense, ficando refém de bolas rifadas na área adversária sem resultado.

Para conquistar a classificação, o Inter precisa de uma vitória por dois gols de diferença. Uma vitória por 1x0 leva a decisão para os pênaltis. O jogo da volta é na próxima quarta-feira (17), às 21h30, no Beira-Rio. Os colorados acreditam no fator casa para seguir na competição.

Antes disso, os colorados enfrentam o Athletico-PR, pelo Campeonato Brasileiro, no domingo (14), às 16h, na Arena da Baixada. Vamo Inter! 

 

Por: Ingrid Fochezatto