SE CLASSIFICOU O MAIOR RUBRO-NEGRO

Valeu, Freguês!

Em jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, o Flamengo eliminou o Atlético-PR, vencendo por 3x2, nesta quarta-feira (4), no Maracanã.

 

Fonte: Alexandre Vidal

Com a ausência de alguns atletas com importância na titularidade, o Mais Querido entrou em campo com Hugo, Matheuzinho, Thuller, Léo Pereira, Filipe Luís, Arão, Thiago Maia, Gérson, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Pedro.

O duelo se iniciou com os visitantes colocando pressão na saída de bola do mandante, que valorizava a posse de bola. Sem muitas dificuldades, o Flamengo comandou o jogo sem muita pressão e garantiu a classificação com show de Pedro, que guardou duas vezes. Erick descontou para o time paranaense ainda no primeiro tempo. 

Na segunda etapa, o time da Gávea continuou comandando o duelo, mas viu o Athletico tentar levar perigo ao gol de Hugo. Nos últimos minutos Michael marcou para o Mengo. No lance seguinte, o time adversário diminuiu a vantagem, mas sem sucesso. 

 

O jogo: 

A partida foi marcada por vários gols bonitos, principalmente o primeiro gol de Pedro e o de Erick. E também, uma arbitragem bem confusa e polêmica, com interferência do VAR e muitas reclamações.

Aos 24' o Flamengo abriu o placar com o camisa 21 que recebeu na área, girou e deu um lindo tapa com a perna esquerda na gaveta do goleiro Santos, que nem se mexeu. Na saída de bola, o adversário foi para cima e o árbitro marcou pênalti de Léo Pereira em Carlos Eduardo. 

Quando os paranaenses se preparavam para cobrar, o juiz foi chamado ao VAR, e decidiu cancelar a penalidade. 

Minutos depois, mais um lance polêmico. Hugo Souza recebeu recuo e ao tentar dar um chutão, a bola foi roubada por Carlos Eduardo em um carrinho. A bola sobrou para o ataque do Athletico que tinha chances de fazer o gol. Mas, D'Alonso, árbitro, marcou falta de Carlos Eduardo em Hugo. O adversário ficou revoltado e com razão.

A partida começou a ficar elétrica e o Fla ampliou em seguida. 

Matheuzinho cruzou para Pedro que estava livre na pequena área e tocou para o fundo do gol. Ainda assim, no final do primeiro tempo, deu tempo dos visitantes reagir e marcaram um gol com Erick que soltou um bolaço de fora da área.

No tempo complementar,  os comandados de Dome foram controlando o jogo e chegaram até marcar mais um gol com Thiago Maia. No entanto, depois de análise do VAR, foi constatado impedimento. Na sequência, Bruno Henrique chutou, Santos rebateu e Michael, que havia acabado de entrar, fez o gol. 

 

Fonte: Reprodução da Internet

Ainda houve tempo para o Cap diminuir novamente. Com Bissoli que aproveitou a sobra na área e chutou para o gol de Hugo. Mas, os ânimos acabaram e o Flamengo segurou a vitória por 3x2 , garantindo a classificação no Maraca.

Agora classificado para a próxima fase do principal mata-mata do Brasil, o Rubro-Negro carioca volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Com 35 pontos, o Mais Querido divide a liderança com Internacional e visita o Atlético-MG pela 20° rodada da competição, neste domingo (8).

 

TUA GLÓRIA É LUTAR!

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS.

 

Por: Rhayanne Athyrsa.

*Esclarecemos que os textos trazidos nesta coluna não refletem, necessariamente, a opinião do Portal Mulheres em Campo.