Segura no G6 e vai!

Neste sábado pré eleições municipais, o Corinthians recebe a Chapecoense com o foco em fincar sua bandeira no G6

 

A semana no Timão foi movimentada, principalmente ao que se diz respeito à torcida. 31 dos Corinthianos detidos após a partida contra o Flamengo no último domingo, acusados de agredir policiais e, muitos deles, inocentes, seguem presos no Rio de Janeiro. Dentre eles, inclusive torcedores que já apresentaram à justiça provas de que se quer estavam no estádio no momento do ocorrido. Como punição ao clube, foi determinada a interdição do setor Norte da Arena Corinthians, proibindo assim as torcidas organizadas de comparecer tanto às partidas em casa quanto às fora pelas seis rodadas finais do Brasileirão 2016. O Corinthians não recorreu e acatou a decisão.

Como protesto à prisão dos torcedores, as torcidas organizadas do Timão marcaram um protesto para o duelo contra a Chapecoense, confira abaixo:

(Reprodução/Twitter)

Para a partida, Oswaldo de Oliveira quer acertar principalmente a defesa. Desde que chegou, essa foi a primeira semana completa de trabalho. Nos treinos, em sua maioria fechados, a principal meta foi corrigir a defesa. Nos últimos 2 jogos foram 6 gols tomados, média alta perto do que a equipe está acostumada.

(Daniel Augusto JR/Agencia Corinthians)

Os desfalques ficam por conta dos Guilhermes: O camisa 10, por suspensão e Arana, por desconfortos abdominais. A provável escalação então deve vir com Walter, Fagner, Vilson, Pedro Henrique e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero.

A arbitragem será feita por Jean Pierre Gonçalves Lima (RS), Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Leirson Peng Martins (RS).

O Timão é o sexto colocado e está a um ponto do Atlético Paranaense, em sétimo. Vencer é fundamental para se manter no G6 e conquistar a vaga na Libertadores.

Vai, Corinthians!

Por Victória Monteiro – Maloqueira, sofredora, graças a Deus!