SEM DIEGO SOUZA E SEM SUA TORCIDA, SPORT ENFRENTA O FIGUEIRENSE FORA DE CASA

Vindo de um resultado aceitável tendo em vista as circunstâncias do último jogo contra o América-MG, o leão vai até Florianópolis tentar arrancar uma vitória do Figueirense.

Em 12º lugar com 22 pontos, o Sport joga sem um de seus principais jogadores, Diego souza. O meia vai cumprir suspensão por ter levado seu terceiro cartão amarelo.

A situação do time rubro-negro ainda exige uma série de bons resultados, por se encontrar ainda há poucos pontos da zona de rebaixamento. Para encerrar essa primeira etapa do brasileirão em uma boa colocação, o leão precisa vencer o seu último jogo do primeiro turno, contra o Figueirense. Se vencer, o leão soma 25 pontos - mais da metade da pontuação que precisa para escapar do rebaixamento - e pode começar a respirar mais aliviado no campeonato.

PREPARAÇÃO PARA O JOGO

Dessa vez, o técnico Oswaldo de Oliveira optou pelo mistério na escalação, já que não pode contar com o camisa 87 e possivelmente com outros jogadores por conta de desgaste. O primeiro possível nome para substituir o camisa 87 é o meia Gabriel Xavier, que vinha como titular até se machucar no jogo contra a Ponte Preta.

"Caso Oswaldo monte o time no mesmo esquema, não tenho problema em jogar mais centralizado, armando as jogadas. Já atuei assim e estou pronto para ajudar", destacou o meia, que soma três gols marcados no Brasileiro.

Na zaga pode haver alguma alteração, já que Durval está de volta ao time; o mistério fica em quem vai sair: Ronaldo Alves ou Matheus Ferraz. Quem também pode deixar a equipe é Rodney Wallace, na lateral esquerda, e Edmilson, no ataque. Assim, Renê e Mansur disputam a vaga de Rodney, enquanto na frente, Mark González, autor do gol de empate contra o América-MG, surge para substituir Edmilson. Outra possível alteração é a do atacante Rogério, que pode aparecer mais centralizado.

Oswaldo ajusta posicionamento e movimentações em atividade pré-jogo

FOTO: Williams Aguiar

Provável Figueirense

Thiago Rodrigues; Jefferson, Bruno Alves, Marquinhos e Morassi (Pedroso); Elicarlos, Jackson Caucaia, Dodô e Carlos Alberto; Rafael Silva e Maurides. Técnico: Argel Fucks.

Provável Sport

Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz (Ronaldo Alves), Durval e Rodney Wallace (Renê); Rithely, Serginho, Gabriel Xavier, Everton Felipe e Rogério; Edmilson (Mark González).

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC). 

Horário: 18h30. 

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP). Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP).

 

Por Millena Dos Santos

Curta Blog Mulheres em Campo