Sem gols e sem emoção, Sport e Atlético-PR não saem do zero em Recife

Na noite de domingo (22), o Sport enfrentou o Atlético Paranaense, a torcida que cantava do lado de fora da Ilha do Retiro fez o que pode, mas o silêncio em campo foi total, nem ao menos um grito de gol foi ecoado, o jogo terminou empatado em 0 x 0.

(Foto: Marlon Costa / PE Press)

No primeiro tempo, o Sport teve maior posse de bola, mas as principais chances criadas foram do time visitante, poucas tentativas e na maioria das vezes saiam dos pés do Walter. O Leão tentou marcar duas vezes com Hernane, mas em ambas não conseguiu passar pelo goleiro Weverton. A primeira etapa da partida foi marcada por muito erro e pouca criação.

Posse de bola: Atlético-PR: 55% Sport: 45%

Na volta do intervalo, a equipe leonina voltou à campo com a mesma formação, mas uma postura diferente, dominou o jogo, criou oportunidades mas continuou errando na hora de finalizar. Sport partiu para o ataque enquanto o Furacão ficou a maior parte do tempo na defensiva e tentando explorar os contra-ataques. Mas não era o dia, a bola não entrava.

Posse de bola: Atlético-PR: 46.7% Sport: 53.3%

Cartões Amarelos: Rithiely, Élber e Hernane Brocador (Sport); Walter e Fernando Barrientos (Atlético-PR).

Com o empate, o Sport está em sétimo lugar, com 53 pontos. O Atlético-PR permanece em décimo segundo lugar com 48 pontos na competição. Na matemática, o resultado deixou o Sport com 1% de chance de chegar à libertadores, a três pontos de distância do São Paulo, que é o quarto colocado.

No próximo domingo (29), o Sport joga contra o Corinthians na Arena Pernambuco às 17h (horário de Brasília) e as vendas de ingressos pela internet já iniciaram. O sócio rubro-negro terá até sexta (27) para garantir a entrada por R$25 e os demais torcedores poderão comprar ingresso promocional po R$30 para o setor leste superior. Na bilheteria do clube, as vendas se iniciam na próxima quarta (25), exclusivas para os sócios. Na quinta (26), as bilheterias do arco serão abertas ao público geral.

Beatriz Cunha