SEM MEU TAPETINHO...

Adeus Zica! Furacão vence o CSA por 4 a 0 com time reserva e fora de casa

 

(Foto: Tribuna do Paraná)

 

Demorou mas esse dia chegou.

Depois de amargar quase quatro meses sem vencer fora de seus domínios, ouvindo todo tipo de desaforo porque “só conseguia vencer na grama sintética”, o Furacão finalmente desencantou e venceu fora de casa. E NEM PRECISOU LEVAR O TAPETINHO!

O jogo aconteceu neste sábado, às 19 horas, no Estádio Rei Pelé, e o Athletico jogou com um time quase 100% reserva, para poupar nossos titulares para o jogo de quarta contra o Boca. A exceção foi o capitão Wellington que está suspenso na Liberta e, guiou nosso time rumo à vitória! E que vitória!

O primeiro de gol de Madson e o segundo de Abner, com assistência de Madson, ambos de cabeça.

Já o terceiro veio dos pés de Cittadini, que depois de uma arrancada encheu o pé para ampliar o placar, uma pintura!

Para fechar o caixão do mandante, foi a vez de Brian Romero, também de cabeça, marcar o quarto, já no finalzinho. Foi o primeiro dele com a camisa rubro-negra.

Ao final da partida, o autor do quarto gol destacou a importância da vitória: “Foi uma grande oportunidade que recebemos e acredito que conseguimos aproveitar”.

 

(Foto: Site Oficial CAP)

 

Ninguém acreditava que finalmente o Furacão havia desencantado jogando fora de casa e melhor ainda, com uma goleada.

Tony Anderson desabafou: “Falavam que nós não vencíamos fora de casa. Para nós, é bom também para calar a boca dos críticos, no bom sentido”.

Agora, o Athletico vira o disco, e concentra todas as suas energias no jogo de quarta-feira, que será a partida de ida das oitavas de final da Libertadores, contra o Boca Juniors, na Arena da Baixada, quarta-feira (24).

#PracimaFuracão

 

Por Daiane Lodista