SEM MUITA DIFICULDADE, DÍNAMO VENCE PRIMEIRA PARTIDA

Dínamo passa facilmente pelo Atalanta e vira líder do grupo C

 

(Foto: Site Oficial do Atalanta)

 

O Atalanta não imaginava que sua estreia na UEFA Champions League seria tão difícil assim, logo no primeiro confronto a equipe italiana levou 4x0, com Hat-trick de Orsic. Com esse resultado, o Atalanta é o lanterninha do grupo, enquanto o Dínamo está na liderança. 

O time italiano ficou totalmente perdido em campo, não sentiu nem o cheiro da bola e tem que agradecer por ter levado "só" quatro gols. O passeio do time croata começou cedo, logo aos 10 minutos após um bate e rebate  dentro da grande área, a bola sobrou no lado-direito para Stojanovic bater cruzado para o meio, dando assistência para Leovac, apenas completar para o gol.

No finalzinho da primeira etapa, aos 31 minutos, foi a vez de Leovac virar "garçom". O meio campista invadiu a área e rolou a bola para trás, onde apareceu Orsic, sem marcação alguma e tendo apenas o trabalho de chutar no canto do goleiro para marcar o segundo do time croata.

 

(Foto: REUTERS/Antonio Bronic)

 

A pressão do Dínamo era grande, enquanto o Atalanta queria apenas o fim da primeira etapa para que seu experimente treinador, Gian Piero, pudesse arrumar a equipe. Mas antes mesmo do árbitro apitar, deu tempo da equipe croata fazer o terceiro gol da partida, com Orsic, que fez o segundo dele na partida.

Na etapa final, o Dínamo até diminuiu o ritmo de jogo e ia apenas administrando o placar, enquanto o Atalanta possuía mais posse de bola, mas realizou apenas dois míseros chutes a gol. 

Gian Piero até mexeu na equipe tentando reajustá-los, mas não surtiu efeito e o time italiano ainda viu o Dínamo marcar mais um gol, com Orsic, fazendo seu Hat-trick e sacramentando a goleada do time croata. 

Piero, técnico do Atalanta, destacou em entrevista pós jogo a superioridade do adversário:

 

"É uma equipe que nos superou em tudo,ela era mais agressiva, brincava com velocidade e qualidade. Nós, em todos os aspectos, lutamos. Mesmo quando estávamos em situações de pressão, eles sempre saíam. Eles tinham maior velocidade e qualidade do que nós. Eu não acho que é uma questão de emoção, é muito fácil manter isso. Tivemos uma lição difícil de uma equipe que era melhor. A segunda metade foi mais equilibrada"

 

(Foto: Divulgação/Internet)

 

A zaga do Atalanta realmente é algo que preocupa a toda torcida e até mesmo o técnico, afinal o time italiano leva bastante gol e nem sempre o ataque consegue salvar a partida. Já o Dínamo vai dormir esses dias na liderança e chega para o segundo jogo um pouco mais relaxado.

Piero também comentou sobre os problemas defensivos encontrados:

 

"Não há dúvida de que temos, então devemos tentar resolvê-lo. Hoje à noite, no primeiro tempo, perdemos mesmo no ataque. Ainda melhor na segunda metade, tivemos azar em algumas ocasiões. Precisamos melhorar o início da corrida, tenho a sensação de que, quando o ritmo é muito alto, sofremos. Precisamos ver se podemos alimentar esses ritmos. Jogamos futebol ofensivo. A alternativa é recuar, criar outro tipo de situação, ficar muito coberto. Não tente jogar com três atacantes, defenda outro tipo de futebol. Precisamos entender se podemos propor esse futebol. Na Europa você tem que ir tão forte quanto eles."

 

A próxima partida das equipes será na terça-feira (01), o Atalanta recebe o Shakhtar Donetsk às 13:55 (Horário de Brasília) e o Dínamo visita o Manchester City às 16:00 (Horário de Brasília).

 

Por: Thais Santos