SEM ROMERO, CARILLE RELACIONA JOGADORES QUE ENFRENTARÃO O RACING

EQUIPES DUELAM NA ARENA CORINTHIANS NESTA QUINTA-FEIRA, ÀS 21H30 PELA PRIMEIRA RODADA DA COPA SUL-AMERICANA


 

Quando a lista de inscritos na Copa Sul-Americana foi revelada, o torcedor se animou- e se iludiu, com a possibilidade de ver Romero de volta a equipe. Mas poucas horas depois, Fábio Carille relacionou os atletas para o confronto, jogando um balde de água fria na Fiel.

 

Apesar de ser inscrito no torneio, Romero não foi relacionado para a estreia. Foto: Daniel Augusto Jr

Na lista, as surpresas ficaram por conta de Sérgio Diaz e do lateral-direito Michel Macedo. Outra novidade é a presença de Carlos Augusto, que substituirá o suspenso Danilo Avelar.

Cássio que sentiu dores na coxa-direita depois de pancada numa saída do gol na terça-feira, não treinou e é a única dúvida. Mas na lista de relacionados, Carille não convocou um terceiro goleiro, o que indica que Cássio será o titular.

Assim o Corinthians vai a campo com: Cássio (Walter); Fagner, Manoel, Henrique e Carlos; Ralf e Ramiro; Love, Jadson e Sornoza; Gustagol.

 

Apesar do susto, Cássio deve ser o titular. Foto: Daniel Augusto Jr

 

RELACIONADOS PARA O CONFRONTO:

 

Goleiros: Cássio e Walter

Laterais: Fagner, Michel e Carlos Augusto

Zagueiros: Henrique, Léo Santos, Marllon e Manoel

Volantes: Gabriel, Ralf, Ramiro e Richard

Meias: Araos, Jadson, Pedrinho, Sornoza e Mateus Vital

Atacantes: Boselli, Clayson, Gustagol, Sergio Díaz e Vagner Love

 

Com a má fase alvinegra e a falta de pontaria dos homens de frente é impossível não se preocupar com a  partida. Estrear em casa, nos obriga a fazer o resultado, para jogarmos com tranquilidade na Argentina.

Não nego que gostaria de ver Romero entre os convocados, principalmente pela garra, algo que tem faltado ao time. Como o clube e o atleta retomaram as negociações, espero que tenhamos um final feliz com a volta do paraguaio.

Além disso, preocupa o nervosismo da equipe em jogos decisivos, afinal todo mundo lembra a quantidade de atletas expulsos que temos em competições continentais. Ralf que nunca foi expulso declarou:

 

“A Sul-Americana é uma competição que exige muito foco, muito equilíbrio. Quando você joga contra sul-americanos, como vamos jogar contra argentinos, eles vêm para catimbar, para amarrar o jogo. Temos que ter equilíbrio o jogo todo”.  

 

Cerca de 28 mil ingressos foram vendidos antecipadamente, então o apoio como sempre não faltará. Foco e raça em campo, que o combustível das arquibancadas está garantido! Pra cima deles!


 

Por Mariana Alves