Sem sofrimento, Galo se classifica na Libertadores.

(Foto: Divulgação/Atlético-MG)

Em busca da classificação para as oitavas de finais da Copa Libertadores e da manutenção da liderança do Grupo 5, o Atlético entrou em campo para enfrentar o já desclassificado Melgar nesta quinta-feira (14). A partida aconteceu às 19h30 (Horário de Brasília), no Mineirão, e foi válida pela 6ª e última rodada da fase de grupos.

Precisando apenas de um empate para garantir a classificação, o Galo mostrou que só interessava a vitória. Apresentando um ritmo muito intenso de jogo, aos 16 minutos da primeira etapa o placar já mostrava 3 a 0 para o time da casa. Com menos de um minuto de jogo, Douglas Santos cobrou falta e Jr. Urso cabeceou para defesa do goleiro Ferreyra, que rebateu a bola, sobrando para o zagueiro Tiago que abriu a contagem.

O jogo era de uma equipe só, o Melgar acuado em seu campo de defesa assistia ao Atlético jogar. Aos 7 minutos, com cruzamento de Marcos Rocha pela direita, Robinho, em posição irregular, nem precisou sair do chão para fazer o seu primeiro gol na Libertadores com a camisa do Galo: de cabeça, Galo 2 a 0. O time visitante continuava com o setor defensivo muito frágil e em boa jogada de Jr. Urso, o volante que jogava no ataque, Bolaños o derrubou na área e o juiz assinalou penalidade máxima. Lucas Pratto, aos 16 minutos, partiu para bola e também deixou a sua marca na goleada atleticana.

Com o placar já elástico favorável ao Atlético, os jogadores diminuíram o ritmo do jogo e passaram a tocar a bola com tranquilidade em busca de uma nova oportunidade para marcar. Mas o primeiro tempo terminou sem mais gols.

O segundo tempo começou com o alvinegro cadenciando a partida, mas se mantendo superior em campo. O Melgar tentava ameaçar o gol de Victor, que pouco trabalhou, mas tinha dificuldade para sair jogando. O técnico Diego Aguirre, interessado em ver o atacante Carlos em campo após longa estadia no departamento médico, sacou Cazáres para a sua entrada. E com apenas 5 minutos em campo, aos 23, o atacante fechou a vitória atleticana após cruzamento de Jr. Urso.

Em uma infelicidade, Carlos teve que ser substituído pelo atacante Pablo após sentir o mesmo tornozelo que passou por cirurgia anteriormente. O Atlético continuou administrando a vitória sem muitos sustos e viu a equipe do Melgar sair da competição sem fazer nenhum ponto.

Com a vitória o Galo se consolidou na primeira colocação do grupo com 13 pontos e deve ficar entre as 3 melhores campanhas da fase de grupos. O outro classificado do grupo 5 foi o Independiente del Valle, com 11 pontos, que despachou o Colo-Colo em empate por 0 a 0. Os times esperam o término da fase classificatória para conhecerem os seus próximos adversário na competição.

FICHA TÉCNICA

Gols: Tiago, Robinho, Lucas Pratto e Carlos – Atlético-MG;

Melgar: Ferreyra, Jua Bolaños, Santamaría, Villamarín e Quina; Hinostroza (Arismendi), Alexis Arias, Leudo (Patricio Arce), Alexander Sánchez (Diego Estrada) e Nilson Loyola; Bernardo Cuesta – Técnico: Juan Reynoso

Atlético-MG: Victor, Marcos Rocha, Tiago, Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca (Eduardo), Leandro Donizete e Jr Urso; Cazáres (Carlos) (Pablo); Robinho e Lucas Pratto – Técnico: Diego Aguirre

Arbitragem: Jesus Valenzuela (árbitro); Carlos Lopz e Luis Sánchez (auxiliares)

Júlia Campos