Só faltou o gol!

Em casa, o gol não saiu! Mas o Paraná Clube jogou com raça e teve excelentes oportunidades de abrir o placar, só não contava com a retranca pesada do time catarinense.

Não basta ser colunista, tem que apoiar o time em campo.

Nessa terça-feira (05), Paraná Clube recebeu o Avaí e contou com o apoio de sua torcida, que atendeu aos pedidos do time em suas redes sociais. E o que os torcedores puderam ver, foi uma equipe ainda tentando buscar entrosamento, com bons passes, jogadas emocionantes e os "quase" gols. Só se ouvia "uhll!" nas arquibancadas! Foi por pouco!

Os catarinenses não estavam pra brincadeira e se fecharam de tal forma, que nem mesmo com a raça tricolor, o resultado positivo veio. Dos males, o menor! Empatar em casa é ruim, claro! Mas com boas defesas de Marcos e a marcação da zaga, o adversário também encontrou dificuldades.

Torcida Fúria direto da "curva" (Por Carla Eloíza Aguiar)

Foram 2 desfalques para o time da Vila: o zagueiro Leandro Silva, que cumpriu suspensão, e o volante Fernandes, vetado pelo departamento médico. Pitty e Claudevan assumiram as vagas, respectivamente. Lucas Otávio e Nadson, já recuperados de lesões importantes, estavam disponíveis no banco. Nadson entrou aos 23' do 2° tempo, mas não mostrou tudo o que poderia, ainda buscando entrar no ritmo. 

Um jogo puxado, com 8 cartões amarelos, sendo 2 para o Paraná e 6 para o Avaí. No início do 1o tempo, o goleiro Renan recebeu atendimento em campo, foi medicado e parece ter tomado um "santo" remédio: não passava nada, meu amigo! E ele se manteve firme durante toda a partida.

No 2º tempo, o técnico Marcelo Martelotte realizou 3 substituições, buscando dar mais volume de jogo e poupando jogadores já desgastados. Saiu frustrado com o 0 x 0, mas tem boas perpectivas para a próxima rodada, como disse em entrevista coletiva: “Lógico que a gente sai frustrado com o resultado. Somar mais três pontos era importante e claro que existe a frustração pelo resultado, mas não pela apresentação da equipe. Porém, a perspectiva para frente é positiva e ainda vamos passar por muitas situações difíceis”.
Tricolor segue em 5° lugar na tabela, com 24 pontos. Agora é descansar para enfrentar o 15° colocado, Paysandu, dia 12, na Vila Capanema.

Por Carla Eloiza Aguiar.

#vemPRavila 
#ParanáClube
#mulheresemcampo
#mulheresparanistas
#mulhernoestádio