SOBERANO NO CHOQUE REI!

TRICOLOR VENCE  NO MORUMBI E MANTÉM TABU

 

O Soberano recebeu na tarde de Domingo (29), ás 16h (BSB), no estádio do Morumbi pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro o Palmeiras para mais um CHOQUE REI e depois de 10 clássicos sem vencer a vitória finalmente veio!  Mesmo com o resultado magro de 1X0 o TRICOLOR foi infinitamente melhor em campo.

É lamentável escrever isso, mas esse jogo marca (provavelmente), uma nova “era” no futebol de São Paulo, infelizmente por decisão da Secretaria de Segurança Publica do estado este foi o primeiro clássico na capital com torcida única, 21 mil torcedores todos São-Paulinos. E o futebol vai cada dia mais e mais se modernizando e sendo roubado do povo!  

Dentro de campo o tricolor começou o jogo com algumas falhas do lado esquerdo e aos 3 minutos o torcedor levou um baita susto, Zé Roberto cruzou perfeitamente na cabeça de Alecsandro que empurrou para o gol, mas Denis salvou praticamente em cima da linha. O alviverde continuou no campo de ataque, pressionando os são-paulinos, mas aos 11 minutos de jogo na primeira decida para o ataque, o meio campo funcionou e após troca de passes a bola sobrou para Bruno que lançou na pequena área, Thiago Martins falhou e o Maestro não perdoou, de cabeça direto para as redes.

 

Ganso comemora o gol que abriu o placar no Morumbi. Foto: spfc oficial

 

    Dai em diante foi só São Paulo, o Palmeiras praticamente não aparecia, a não ser pelos passes errados e a falta de criatividade para furar a marcação são-paulina.

 

 

Segundo tempo, mesma regularidade

 

O Segundo tempo começou da mesma forma em que acabou o primeiro, com imensa superioridade dos donos da casa, aos 17’ minutos, Denis ao fazer uma defesa se chocou com o palmeirense Alecssandro, sofreu um corte no rosto e precisou de atendimento medico dentro de campo, o camisa 1 continuou a partida com uma toca de natação para estancar o sangramento, mas o goleiro que realmente merece destaque é o palmeirense Fernando Prass, o arqueiro trabalhou demais, fez três excelentes defesas na sequencia e outras duas posteriormente, impedindo os gols são-paulinos.

 Os dois comandantes utilizaram as três substituições, mas o time que estava mal continuou mal e o que estava bem continuou bem, o jogo marcou a estreia do atacante Ytalo, que veio do Grêmio Osasco Audax, que teve a oportunidade de ampliar o placar, o atacante recebeu sozinho, mas finalizou longe do gol.

 

Kelvin novamente agradou em campo. (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

 

Outro que também merece um destaque a parte é Kelvin, o jogador que defendeu por empréstimo o Palmeiras no ano passado quase não foi utilizado pela equipe e teve uma passagem extremamente apagada, já no São Paulo ele é peça chave de Bauza, e na primeira vez em que ele atuou contra o ex-clube, deu show, aos 51 minutos do segundo tempo, o meio-campista chapelou Zé Roberto e no mesmo lance deixou o camisa 11 no chão, pena que acabou se atrapalhando e não conseguiu finalizar com sucesso.

O que aconteceu em campo no CHOQUE REI é o que torcer são-paulino quer ver, o time jogou com a mesma garra e empenho que tem apresentado na Copa Libertadores da América.

Na saída de campo Maicon e Rogerio chagaram a discutir, o capitão achou que o atacante deveria ter passado mais a bola em alguns lances do final de segundo tempo, já o atacante optou por driblar, após a partida ambos comentaram o fato como “Coisa normal de jogo”, PH Ganso e Patón disseram ter a mesma opinião.

No final das contas o Palmeiras continua sem vencer no Morumbi, já são 14 anos! E o São Paulo com Diego Lugano dentro de campo JAMAIS perdeu para o alviverde, segue o TABU.

 

Lugano passou segurança para equipe. FOTO rubens chiri lugano

 

    O que mais encantou no time que entrou em campo no Morumbi foi o fato de que alguns jogadores que são considerados reservas e iniciaram a partida, entraram bem e fizeram seu papel, em um calendário tão puxado como o dos times brasileiros é fundamental que o treinador tenha a sua disposição um elenco forte, para poder substituir qualquer jogador a qualquer momento.

       

 

#JuntosSomosMaisFortes

 

SÃO PAULO 1 X 0 PALMEIRA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 29/05/2016 (domingo)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Anderson José de Moraes Coelho (ambos de SP)

Público: 21.016 pagantes

Renda: R$ 654.075,00

Cartões amarelos: Thiago Santos, Zé Roberto e Rafael Marques (Palmeiras); Diego Lugano e Alan Kardec (São Paulo)

Gol: Paulo Henrique Ganso, aos 11 minutos do primeiro tempo

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Matheus Reis; Thiago Mendes (Rogério), Wesley, Kelvin, Paulo Henrique Ganso e Centurión (João Schmidt); Alan Kardec (Ytalo). Técnico: Edgardo Bauza

PALMEIRAS: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos (Moisés), Jean e Dudu; Róger Guedes (Rafael Marques), Gabriel Jesus (Erik) e Alecsandro. Técnico: Cuca

 


por Jéssica Nogueira Gonçalves.