Sport consegue virada, mas acaba tomando empate nos acréscimos

 

Em noite de homenagem na Ilha do Retiro ao ex-atacante do Sport, Leonardo, que faleceu na ultima Terça(1), o Leão enfrentou o River-Pi pelo returno do grupo D da Copa do Nordeste. Uma noite que poderia ter sido ainda mais especial para os rubro-negros, foi interrompida com gol de empate da equipe Piauiense nos acréscimos da partida. Ainda com alguns desfalques, o Sport entrou em campo,também, sem o volante Rithely que sofreu uma pancada no joelho; o técnico Paulo Roberto Falcão trouxe Neto Moura para ocupar a vaga de Rithely.

 

Créditos: Aldo Carneiro/Pernambuco Press


 

PRIMEIRO TEMPO

No primeiro minuto de jogo, aos 50 segundos com boa parte da torcida do Sport ainda fora do estádio, André Beleza marca para o River após a defesa leonina vacilar. Depois do gol, a equipe do River foi pra cima mas com pouco perigo. Aos 30 minutos, o leão começou a se movimentar mais e dando trabalho para a defesa do River, pressionou até sair o gol de empate que veio aos 34 minutos com um chutão fora da aérea assinado por Neto Moura, o leão empatou a partida em Recife. No ultimo minuto do primeiro tempo Durval quase vira o jogo com um cruzamento de Renê mas a bola saiu pela linha de fundo.

 

SEGUNDO TEMPO

Sem alterações, as equipes voltaram da mesma forma e o segundo tempo começou sem muita movimentação. Falcão então, decidiu fazer o time crescer com a entrada de Fábio no lugar de Everton Felipe e aos 20 minutos, ele arrancou um pênalti para a equipe Pernambucana. Lenis foi para a cobrança e virou o placar para o Sport. A torcida então, entoou o nome do ex-camisa 7 homenageado da noite para a festa ficar ainda mais bonita. Com o recuo de Falcão colocando 2 zagueiros e 3 volantes, o River aproveitou e pressionou o final do segundo tempo até sair o gol de empate que veio nos acréscimos da partida com Paulo Paraíba. Assim, o jogo terminou empatado na Ilha do Retiro.

 

 

Entrevista do técnico Falcão no fim da partida

"Tomamos um gol muito, muito cedo com uma falha nossa. Não encurtamos a marcação. Foi um gol muito rápido. Corremos, conseguimos virar e criar outras chances. Estávamos com o jogo controlado, mas numa bola levantada na área, erramos e tomamos o gol. O resultado era para ser a vitória. Saio triste, mas não como se fosse uma atuação ruim.’’

 

 

 

 

 

 

(Foto: Adelson Costa / Pernambuco Press)

 

Escalações

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Luiz Antônio, Serginho, Neto Moura, Éverton Felipe e Lenis; Wallace. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

River: Naylon; Toti, Paulo Paraíba, Rafael Araújo e Jadson; Amarildo, Rogério, André Beleza e Esquerdinha; Vanderlei e Thiago Dias. Técnico: Capitão (interino)

Arbitragem

Árbitro: Gleidson Santos (BA)

Assistentes: Marcos Welb Rocha e Jucimar Dias (ambos da BA). 

Cartões amarelos

 Matheus Ferraz, Lenis (S)  e Thiago Dias, Rafael Araújo ( R).

Público: 6.945.

Renda: R$: 95.581, 34

O Sport segue líder do grupo D com 8 pontos na Copa do Nordeste. Seu próximo jogo é no Domingo(6) contra o Náutico na Arena Pernambuco, pelo Campeonato Pernambucano.


-Milena Dos Santos