Sport goleia Sete de Dourados com tranquilidade e avança na Copa do Brasil

Diante do Sete de Setembro de Dourados-MS, na noite desta quarta (22), na Ilha do Retiro, em confronto válido pela segunda fase da Copa do Brasil, os leoninos souberam aproveitar bem a fragilidade técnica do adversário para sair de campo com uma vitória tranquila por 3 a 0 e ainda faturaram R$ 680 mil pela classificação. Leandro Pereira (2) e Rogério foram os responsáveis pelos gols do Leão.

 

Leandro Pereira marcou o seu primeiro gol com a camisa rubro-negra

( Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife )

 

O Sport volta a entrar em campo no sábado (25), às 21h, para fazer um duelo com o River-PI, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, Piauí. Ambos estão empatados com sete pontos e o jogo vale a liderança do grupo C.

Enquanto isso, o Sete de Dourados tenta se afastar da zona de rebaixamento no Campeonato Sul-Mato-Grossense. O time encara o Ivinhema às 20h15 da quarta-feira de Cinzas (1º), no Estádio Douradão.

 

PRIMEIRO TEMPO

 

Usando força máxima, logo no início da partida, o Sport percebeu as limitações do Sete e começou a ditar o ritmo de jogo.  O time rubro-negro foi trocando passes na tentativa de passar pela marcação da equipe de Dourados. Logo aos dez minutos, Samuel Xavier recebeu um passe de Rithely dentro da área e tocou para o meio. O centroavante Leandro pereira bateu, marcando seu primeiro gol com a camisa rubro-negra e abrindo o placar na Ilha. Aos 23, Rogério cruzou do lado direito, a bola desviou na zaga e parou novamente nos pés de Leandro Pereira que marcou seu segundo gol no jogo e ampliou a vantagem.

Sete de Dourados tentou incomodar e surpreender o Sport. Mas com os dois gols marcados e a tática rubro-negra em tocar a bola deram tranquilidade e o Sport voltou a dominar o jogo.

 

SEGUNDO TEMPO

O Sport teve a primeira oportunidade de aumentar o placar logo aos dois minutos de jogo. Depois de uma tentativa de jogada ensaiada, o goleiro do Sete, Wendell, saiu desorientado do gol, furou e Rogério completou para o fundo das redes. A trapalhada que resultou no terceiro gol leonino. Logo em seguida, Samuel Xavier desceu pelo lado direito e acionou Diego Souza. O meia bateu de primeira e quase aumentou o placar.

Com a vantagem, o técnico Daniel Paulista tirou Rithely, Leandro Pereira e Rogério, dando lugar a Rodrigo, André e Marquinhos, respectivamente, para poupar os jogadores. Do outro lado, Pavão,  Brenno e Pablo deram lugar a Mitu, Thiaguinho e Leandrinho na tentativa de aumentar a ofensividade do time.

No finzinho, os 2.020 torcedores presentes ainda viram Diego Souza tocar a bola no lado esquerdo, passar pelo marcador adversário e cruzar em direção ao gol, mas o goleiro Wendell cresceu e não permitiu a entrada da bola.

Ficha do jogo

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Mansur; Rithely (Rodrigo), Ronaldo, Everton Felipe, Diego Souza e Rogério; Leandro Pereira (André). Técnico: Daniel Paulista.

Sete de Dourados-MS: Wendell; Bahia, Binho, Ramon Baiano e Breno (Thiago Mattos); Primo, Dornelles, Pavão (Mitu), Gustavo; Jô e Pablo (Leandrinho). Técnico: Mauro Marino.

Local: Ilha do Retiro.

Árbitro: Adriano Milczvski (PR). Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Daniel Cotrim de Carvalho (ambos do PR).

Gols: Leandro Pereira (10m e 24 min do 1º tempo) e Rogério (2 min do 2º tempo).

Cartões amarelos: Bahia, Thiaguinho (SD), Mansur (S). Público: 2.020.

Renda: R$ 27.475

Beatriz Cunha