Sport supera suas próprias dificuldades e derrota Flamengo

 

De um lado, as pessoas dizendo que não havia motivos para acreditar em uma vitória sobre o time carioca. Do outro lado, os que só possuem um motivo para crer: ser Sport Club do Recife. A vitória por 2 a 0 deixou o Leão da Ilha respirando aliviado no Campeonato Brasileiro. Com sete pontos, a equipe assume momentaneamente a 9ª colocação.

 


Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

 

Sem Diego Souza, o Sport entrou em campo com Thallyson armando o meio de campo com três volantes, na tentativa de anular o meio campo do time da Gávea. Mas não houve sucesso durante o primeiro tempo. A melhor jogada do Leão foi uma finalização de Rithely após cruzamento de Thallyson, e Alex Muralha cresceu e não deixou a bola entrar.  Enquanto isso, a melhor jogada do Urubu foi um chute rasteiro de Leandro Damião, já aos 38 minutos, que parou nas mãos de São Magrão.

No segundo tempo, mesmo com as formações mantidas, foi visto dois times diferentes dos que haviam iniciado o jogo, na Ilha do Retiro. Logo aos dez minutos, Alex Muralha cometeu a falha de sair jogando com os pés, dando a bola de presente ao camisa 10 Osvaldo, que chutou da grande área sem chance de defesa.

Thomas, cria da base do Mengo, havia entrado em campo para substituir Everton Felipe, e aos 38 minutos tabelou com Rithely e chutou no cantinho do gol de Muralha. Na comemoração, o jogador fez o oito e o sete com a mão e apontou para o peito. Após a partida, explicou por que lembrou de 87. “Não fiz isso (a comemoração) com a intenção de ganhar a torcida. Não quero ganhar a torcida pela comemoração e sim pelo que faço dentro de campo, pelo meu empenho.”, declarou.

No sábado(10), o Sport já enfrenta o Vasco, em São Januário. Nesta quinta, os titulares devem ficar apenas no regenerativo. Na sexta, fazem um trabalho pela manhã e já embarcam para o Rio de Janeiro.

Ficha do jogo

Sport: Magrão; Samuel Xavier (Raul Prata), Ronaldo Alves, Durval e Patrick; Anselmo, Rithely, Thallyson e Everton Felipe (Thomás); Osvaldo e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

 

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Rever, Juan e Renê; Márcio Araújo (Mancuello),Willian Arão e Diego (Felipe Vizeu); Everton, Leandro Damião e Ederson (Vinícius Júnior). Técnico: Zé Ricardo.

 

Local: Ilha do Retiro. Anderson Daronco (Fifa-RS). Assistentes: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade (ambos do RS). Cartões amarelos: Juan, Rever (F), Thallyson, Ronaldo

Alves (S). Gols: Osvaldo (10 min do 2º) e Thomas (38 min do 2º). Público: 12.617. Renda: R$ 324.976

Por: Beatriz Cunha